Tamanho do texto

Livro do "Casseta & Planeta" traz consigo a lembrança de que o humor não deve se submeter a agendas pré-estabelecidas; leia a resenha

Referência do humor brasileiro por quase três décadas, a trupe do Casseta & Planeta volta à cena de uma maneira criativa, divertida e polemista. Bem ao gosto do grupo. “Brasil do Casseta - Nossa História Como Você Nunca Riu” (Ed. Sextante, 240 páginas, R$ 49,90) é um livro que parece destinado a nos lembrar do porquê gostamos tanto do grupo humorístico.

Leia também: Anticlimático, "Arábia" ganha força dramática ao observar a tragédia do banal

Capa do livro Brasil do Casseta
Divulgação
Capa do livro Brasil do Casseta

 Como se isso já não fosse razão o suficiente, “Brasil do Casseta” escancara uma verdade angustiante. O humor do grupo faz falta no Brasil atual tão carola, careta e politicamente correto em que o humor parece apenas autorizado a servir agendas pré-determinadas.

No livro editado por Eduardo Bueno a proposta é simples. Recontar a história do Brasil, desse País tropical e sobressaltado cujos cidadãos andam tendo dificuldades e divergindo bastante para contar qualquer história a respeito da pátria amada (?).

Leia também: Da comédia à crítica, o humor se consolida transformando riso em informação

O livro cobre do descobrimento ao pós-impeachment de Dilma Rousseff com textos assinados por Claudio Manoel, Beto Silva, Helio de La Peña, Hubert Aranha e Marcelo Madureira . As artes que ilustram a obra são de Reinaldo Figueiredo.

O cinismo e o sarcasmo característicos dos Cassetas revestem a obra que se permite desconstruir o Brasil de um ponto de vista menos formal e mais esculhambador – mais afeito a nossa tradição como pontuado vez ou outra pelos autores ao longo da obra.

Ainda que se debrucem sobre fatos históricos do passado, o diálogo com o presente, subliminar ou abertamente, pauta a prosa dos Cassetas que não poupam nada ou ninguém e riem da história do Brasil e riem daqueles que tentam levar o Brasil a sério.

O livro carrega certos vícios, é verdade. Os autores ostentam determinadas fórmulas anedotárias que funcionam melhor em dado contexto do que em outro. Outro adendo necessário é o de que quem não cultiva o hábito de ser crítico, consigo e com tudo com o que se relaciona, provavelmente não vai mergulhar no livro. A obra tem um valor crítico soberbo que não pode ser amuado pela percepção canhestra que se ventila do humor atualmente.

Leia também: Jim Carrey incomoda políticos em nova série de cartoons

A trupe do Casseta & Planeta topou o desafio de reescrever a história do Brasil em livro
reprodução/Globo Play
A trupe do Casseta & Planeta topou o desafio de reescrever a história do Brasil em livro

“Brasil do Casseta” é uma manifestação artística cheia de irreverência e inteligência que olha para um Brasil que insiste em dar errado e ousa ofertar algumas respostas à rotineira indagação do por que isso acontece.

    Leia tudo sobre: