Tamanho do texto

Presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood é investigado por abuso sexual. John Bailey está no cargo desde 2017

John Bailey, de 75 anos, que atualmente é presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, e é membro da academia há 14 anos, está sob investigação de supostos casos de assédio sexual. As informações são da Revista Variety .

Leia também:James Franco é removido de capa de revista com melhores de Hollywood

John Bailey
Reprodução
John Bailey

De acordo com a Variety , a Academia recebeu cerca de três denuncias de assédio na última quarta-feira (14), contra o presidente John Bailey , que está no cargo desde agosto do ano passado, sucedendo Cheryl Boone Isaacs, em um mandato de quatro anos. No entanto, o cargo de Bailey vem sendo marcado por grandes conflitos de más condutas de seus membros em Hollywood.

Leia também:Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

Membros expulsos

Em outubro de 2017, a Academia votou para expulsar Harvey Weinstein, menos de 10 dias depois que a notícia de assédio sexual envolvendo o diretor, foi divulgada no New York Times . A Academia também substituiu Casey Affleck , como o apresentador do prêmio de melhor atriz no Oscar deste ano, depois da repercussão negativa sobre dois processos de assédio sexual contra o ator em 2010.

Leia também: Denúncias de assédio sexual em Hollywood que já foram esquecidas

Em dezembro, a Academia ainda estabeleceu um código de conduta que prevê que os membros possam ser disciplinados ou expulsos por abuso, assédio ou discriminação. Diante das acusações, se John Bailey tiver que sair do cargo, ele será substituído temporariamente pela vice-presidente da Academia, Lois Burwell , até as próximas eleições em que acontecerão em julho. Bailey é um cineasta e diretor de fotografia que já assinou grandes produções como "Gigolô americano" (1980), "Feitiço do tempo" (1993) e "Melhor é impossível" (1997). 

Leia também: Brendan Fraser diz que assédio sexual o afastou de Hollywood: "Me senti mal"

Assédios em Hollywood

Além de John Bailey, muitos nomes de atores e diretos estão envolvidos nos escândalos que vem tomando conta de Hollywood desde o ano passado. Entre eles está o ex-produtoror Harvey Weinstein que possuiu acusações de mais de 30 mulheres, entre elas estão: Angelina Jolie, Cara Delevingne, Lea Seydoux, Gwyneth Paltrow, Rose McGowan, Ashley Judd e Heather Graham.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.