Tamanho do texto

A cinebiografia de Edir Macedo estreia no dia 29 de março e conta a história do bispo, vivido por Petrônio Gontijo, desde sua juventude até os dias atuais

Ainda faltam três semanas para a estreia de "Nada a Perder", a cinebiografia do Bispo  Edir Macedo , mas o filme já é campeão de bilheteria do cinema nacional no ano. De acordo com a Paris Filmes, o longa, que está em fase de pré-venda, já vendeu 3,1 milhões de ingressos, superando "Fala Sério, Mãe" , de  Ingrid Guimarães , que levou 2,9 milhões de pessoas aos cinemas.

Leia também: Trailer de "Nada a Perder" é exibido pela primeira vez no "Domingo Espetacular"

Stella Carvalho/Divulgação
"Nada a Perder" conta a trajetória de Edir macedo (Petrônio Gontijo) desde a juventude até os dias atuais


" Nada a Perder - Contra Tudo. Por Todos" estreia no próximo dia 29 de março e já tem um recorde garantido: será o filme brasileiro com a maior distribuição internacional de todos os tempos. Legendado em inglês, francês e espanhol, o longa também será exibido a partir de 26 de abril em 700 salas de cinema em toda a América Latina, além da África do Sul, Angola e Moçambique.

Leia também: Não perca: "Nada a Perder Contra Tudo por Todos"

O filme conta a história do Bispo Edir Macedo, vivido por Petrônio Gontijo, desde a juventude até a criação da Igreja Universal do Reino de Deus, passando pela compra da Rede Record até os dias de hoje. O longa também não foge de polêmicas, e deve retratar o episódio em que um pastor da Igreja chuta uma santa e a negociação de compra da emissora com Silvio Santos.

Roteirista de peso

O americano Stephen Lindse  acompanhou de longe as gravações de "Nada a Perder", escrito por ele. "É uma história que tem muito sentimento", comenta o diretor de roteiro. Emocionado com a história do Bispo, ele virá ao Brasil pela primeira vez para poder assistir ao filme, mas até dois anos atrás, Lindse, responsável por escrever o roteiro do famoso filme "Sempre ao Seu Lado", que levou muitas pessoas aos cinemas, mal sabia quem era Edir Macedo.

Lindse ficou quase dois anos pesquisando a vida de Edir Macedo, o criador de um dos maiores movimentos de fé do mundo: "Algo que me surpreendeu foi a quantidade de pessoas que seguem Edir Macedo, que lotam estádios e templos. Vou estar em São Paulo no final de março. Estou muito ansioso, até agora só vi o trailer. Vai ser muito emocionante ver o filme sair das páginas para a tela", finaliza o roteirista.


Leia também: Infância pobre de Latino será contada em Nada a Perder, filme sobre Edir Macedo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.