Semana das mulheres acontecendo e pensando nisso o Canal Brasil decidiu inovar em uma série para lá de feminina para comemorar o Dia Internacional das Mulheres . Nomeada como “ Rio de Topless ”, a série traz a nudez feminina como ato revolucionário na cultura brasileira, a partir do dia 8 de março, às 21 horas, pela emissora e promete sucesso, além de muitas polêmicas por ser um assunto de grande tabu até hoje.

Leia também: Mayra Cardi posa de topless na cama e declara: “seja livre”

undefined
Divulgação
Idealizada por Ana Paula Nogueira, "Rio de Topless" retrata movimentos em prol da liberdade do corpo feminino nas areias cariocas

A série contará por meio de entrevistas e material de arquivo, a história do topless e de outros movimentos de liberdade do corpo nas areias do Rio de Janeiro. Dos hippies do Pier de Ipanema às feministas, a produção traz pessoas que ousaram desnudar os seios, a parte mais feminina das mulheres, na cidade famosa pela beleza do bumbum.

Leia também: Cleo Pires deixa seios à mostra ao posar de topless para fotógrafo renomado

undefined
Divulgação
Nova série "Rio de Topless" estreia dia 8 de março, às 21 horas, pelo 'Canal Brasil'

Em “ Rio de Topless ”, a atração passeia por diversos aspectos do movimento feminino, como a liberdade de expressão e a repressão social e policial imposta pelas forças de segurança. Intercalando entrevistas com ensaios fotográficos de mulheres que tiraram o sutiã e desnudaram a parte de cima pela primeira vez na praia. Cheio de figuras icônicas do feminismo como a atriz brasileira Leila Diniz , o programa retrata o papel revolucionário de atrizes e cineastas como Helena Ignez, mostra a influência do carnaval como festa libertária e a fala sobre a pressão da censura em pleno século XXI.

Leia também: Sabrina Sato posa de topless e leva os fãs ao delírio: "Que corpão!"

O trabalho é dirigido e idealizado pela jornalista Ana Paula Nogueira, que também pe organizadora do “Toplessaço” que agitou a praia de Ipanema no verão de 2013, e fundadora do Movimento “Toplessinrio”. Para quem está curioso para conferir logo o resultado da produção, tem uma novidade interessante: os dois primeiros episódios já estão disponíveis no Canal Brasil Play , inclusive para não assinantes.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

      Mostrar mais