Tamanho do texto

"Rio de Topless", que estreia na TV paga, retrata movimentos em prol da liberdade do corpo feminino nas praias do Rio de Janeiro por meio do topless

Semana das mulheres acontecendo e pensando nisso o Canal Brasil decidiu inovar em uma série para lá de feminina para comemorar o Dia Internacional das Mulheres . Nomeada como “ Rio de Topless ”, a série traz a nudez feminina como ato revolucionário na cultura brasileira, a partir do dia 8 de março, às 21 horas, pela emissora e promete sucesso, além de muitas polêmicas por ser um assunto de grande tabu até hoje.

Leia também: Mayra Cardi posa de topless na cama e declara: “seja livre”

Idealizada por Ana Paula Nogueira,
Divulgação
Idealizada por Ana Paula Nogueira, "Rio de Topless" retrata movimentos em prol da liberdade do corpo feminino nas areias cariocas

A série contará por meio de entrevistas e material de arquivo, a história do topless e de outros movimentos de liberdade do corpo nas areias do Rio de Janeiro. Dos hippies do Pier de Ipanema às feministas, a produção traz pessoas que ousaram desnudar os seios, a parte mais feminina das mulheres, na cidade famosa pela beleza do bumbum.

Leia também: Cleo Pires deixa seios à mostra ao posar de topless para fotógrafo renomado

Nova série
Divulgação
Nova série "Rio de Topless" estreia dia 8 de março, às 21 horas, pelo 'Canal Brasil'

Em “ Rio de Topless ”, a atração passeia por diversos aspectos do movimento feminino, como a liberdade de expressão e a repressão social e policial imposta pelas forças de segurança. Intercalando entrevistas com ensaios fotográficos de mulheres que tiraram o sutiã e desnudaram a parte de cima pela primeira vez na praia. Cheio de figuras icônicas do feminismo como a atriz brasileira Leila Diniz , o programa retrata o papel revolucionário de atrizes e cineastas como Helena Ignez, mostra a influência do carnaval como festa libertária e a fala sobre a pressão da censura em pleno século XXI.

Leia também: Sabrina Sato posa de topless e leva os fãs ao delírio: "Que corpão!"

O trabalho é dirigido e idealizado pela jornalista Ana Paula Nogueira, que também pe organizadora do “Toplessaço” que agitou a praia de Ipanema no verão de 2013, e fundadora do Movimento “Toplessinrio”. Para quem está curioso para conferir logo o resultado da produção, tem uma novidade interessante: os dois primeiros episódios já estão disponíveis no Canal Brasil Play , inclusive para não assinantes.

    Leia tudo sobre:
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.