Tamanho do texto

Com estreia em 29 de março, longa baseado na história de Edir Macedo será o filme brasileiro com a maior distribuição internacional de todos os tempos

Stella Carvalho/Divulgação
"Nada a Perder" conta a trajetória de Edir macedo (Petrônio Gontijo) desde a juventude até os dias atuais

Com estreia marcada para 29 de março, o filme "Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos" já possui um recorde garantido antes de chegar às telonas: será o filme brasileiro com a maior distribuição internacional de todos os tempos. Legendado em inglês, francês e espanhol, o longa também será exibido a partir de 26 de abril em 700 salas de cinema em toda a América Latina, além da África do Sul, Angola e Moçambique.

Leia também: Começa pré-venda de ingressos para o filme "Nada a Perder"

A expectativa é que o filme baseado na história do bispo evangélico Edir Macedo seja assistido por mais de meio milhão de pessoas em centros de convenções. Em 10 de maio, " Nada a Perder – Conta Tudo. Por Todos " estreia em salas nos Estados Unidos e no México. A produção também confirmou 420 exibições itinerantes em 300 presídios e unidades de recuperação de menores infratores.

O longa também deverá ser projetado a céu aberto em cidades e vilarejos que não contam com salas de cinema. O filme foi captado durante pouco mais de dois meses em 100 locações em São Paulo, Rio de Janeiro, Israel, Estados Unidos e África do Sul. A produção contou com mais de 100 atores, 6 mil figurantes e mil carros antigos alugados.

Leia também: Infância pobre de Latino será contada em Nada a Perder, filme sobre Edir Macedo

O filme é uma cinebiografia autorizada de Edir Macedo, empresário fundador e líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da Record TV. Baseado nos livros da trilogia homônima escrita por Douglas Tavolaro, conta a história do self made man que enfretou diversos momentos de turbulência enquanto perseguia sua convicção.

O filme tem em seu elenco nomes de peso como Petrônio Gontijo, Dalton Vigh e Beth Goulart, é dirigido por Alexandre Avancini e tem roteiro do americano Stephen P. Lindsey (de "Sempre ao Seu Lado") e Emilio Boechat. A produção é da Paris Filmes.

"A Paris escolheu rodar essa história porque ela tem que ser contada, é sobre um fenômeno sociológico. O filme vai interessar ao público em geral, independente da crença ou religião. Uma licença narrativa junta alguns personagens e épocas diferentes, alguns nomes são alterados, mas tudo o que está no filme aconteceu de fato”, diz Márcio Fraccaroli, presidente do grupo Paris Filmes.

Leia também: Gravações do filme de Edir Macedo têm mais de 30 mil figurantes na África do Sul

Além da ampla distribuição nos cinemas de todo o mundo, "Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos", também será disponibilizado na Netflix, que comprou os direitos de exibição do longa. A primeira parte do filme será liberada na plataforma três meses depois de estrear nos cinemas.

Veja o trailer oficial do filme "Nada a Perder"


Ficha técnica de "Nada a Perder"

Elenco: Petrônio Gontijo, Day Mesquita, Beth Goulart, Dalton Vigh, André Gonçalves, Eduardo Galvão, Leonardo Franco, Marcelo Airoldi, César Mello e José Victor Pires
Duração: 125 minutos
Direção: Alexandre Avancini
Roteiro: Stephen Lindsay e Emílio Boechat

Direção de Fotografia: Pedro Cardillo
Direção de Arte: Frederico Pinto
Figurino: Cristina Camargo
Maquiagem/Efeitos: Emi Sato e Tayce Vale
Som Direto: Jorge Rezende
Trilha Sonora: Otávio de Moraes
Montagem: Francisco Antunes e PH Farias
Supervisão de Pós Produção: Karina Vanes
Supervisão de Efeitos Visuais: Marco Prado

Produção de Elenco: Renata Kalman
Produção Executiva: Renata Rezende
Direção de Conteúdo: Cristiane Cardoso
Produção: Marília Toledo, Marcio Fraccaroli, André Fraccaroli e Sandi Adamiu
Produzido por: Douglas Tavolaro

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.