Tamanho do texto

O serviço de streaming, que apresenta mais um painel no domingo (10) levou o elenco de "Altered Carbon" e "3%" para a CCXP

Quando "The Killing" foi cancelada pelo canal que a exibia, foi a Netflix que apareceu e salvou a série. Joel Kinnaman , um dos protagonistas, pode voltar ao papel do detetive Holder para finalizar a história de maneira apropriada. Agora, Kinnaman volta a colaborar com a Netflix, dessa vez em uma série cheia de ação e efeitos especiais. Ele é o protagonista de "Altered Carbon", nova aposta do streaming que só estreia em fevereiro de 2018. Ainda assim, o elenco principal apareceu em peso no painel da CCXP nesse sábado (09) para falar sobre a série, que se passa no futuro.

Leia também: “The Walking Dead” foi só coadjuvante em painel de Danai Gurira na CCXP

Painel da Netflix aposta na força do canal de streaming e leva elenco de nova série
Divulgação/CCXP
Painel da Netflix aposta na força do canal de streaming e leva elenco de nova série



Kinnaman prometeu algo nunca antes visto na "TV" no painel da Netflix . "É como se fossem 10 filmes em uma só produção", promete. "Todos os personagens vão lutar, atirar e fazer coisas que normalmente vemos em grandes produções do cinema", completa. Surpreendentemente, o interprete de Robocop, que já tem certa intimidade com os brasileiros já que foi dirigido por José Padilha, dividiu o protagonismo com outra estrela: Renée Elise Goldberry. Conhecida por sua atuação no musical da Broadway "Hamilton", a atriz mostrou a popularidade da peça aqui no país, e foi bombardeada de perguntas comparando suas personagens. Ela comentou sobre deixar o passado em Hamilton para viajar ao futuro como uma heroína em "Altered Carbon": "eu sempre quis viver uma heroína de ação", confessou, visivelmente empolgada com seu papel.
A série tem uma premissa meio complicada, sobre pessoas que podem transportar sua mente para outro corpo quando o atual falece, mas as cenas de ação e o ar futurístico devem agradar os fãs.

Leia também: Fãs fiéis são presenteados com nova leva de action figures na CCXP

Por falar em fãs, a Netflix apostou de vez em seus fãs fiéis. Eles divulgaram dados sobre o perfil do brasileiro que assiste ao canal e alegaram que o Brasil é o terceiro maior maratonista de séries do mundo.

Joel Kinnaman e o elenco de “Altered Carbon” comentam série que estreia em fevereiro de 2018 no streamin
Divulgação/CCXP
Joel Kinnaman e o elenco de “Altered Carbon” comentam série que estreia em fevereiro de 2018 no streamin


Força brasileira

"3%", primeira série nacional do serviço e a mais assistida nos EUA em ,íngua não inglesa também recebeu atenção. Bianca Comparato e Vanessa Oliveira brindaram o público com detalhes sobre a nova temporada. Bianca prometeu que conheceremos a origem do "processo", além de saber mais sobre Maralto. As duas também dividiram suas experiências conhecendo fãs da série pelo mundo e comentaram que a popularidade de "3%" se dá pela atualidade do tema. "3% fala com a juventude que quer mudar o mundo, por isso é global", comenta Bianca.

Leia também: Poderosas! Mulheres debatem diversidade e empoderamento na CCXP

Para os fãs

O painel começou com "Jessica Jones" que ganhou um pequeno teaser e data de estreia: 8 de março. Que também volta,mesmo que por apenas um episódio, em 2018 é "Sense8". A série que foi cancelada pela Netflix vai ganhar um último episódio para encerrar a história, e os fãs puderam ver em primeira mão cenas do capítulo final. Para presentear os fãs,o vídeo se encerrou comum "obrigado Brasil", seguido de imagens de bastidores incluindo cenas gravadas por aqui. Foi ora fã nenhum botar defeito. E domingo (10) tem mais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.