Tamanho do texto

Frederico Lapenda, que já filmou com Nicolas Cage e Danny Glover, espera muitos filmes brasileiros na competição

Uma grande vitrine de Hollywood, que atrai em seus eventos nomes estrelados, como Jon Voight , Danny DeVito , Sharon Stone e Andy MacDowell . Esse é o Beverly Hills Film Festival, criado em 2001 por Nino Simone e responsável por impulsionar várias carreiras.

Leia também: Sexta-feira 13 na veia! Cineastas apontam seus filmes de terror preferidos

Addam Ottmar, COO, Nino Simone, CEO Fundador, Frederico Lapenda, presidente, Anthony Severin, CFO Beverly Hills Film Festival
Reprodução
Addam Ottmar, COO, Nino Simone, CEO Fundador, Frederico Lapenda, presidente, Anthony Severin, CFO Beverly Hills Film Festival


Em um ano que marca uma década de sua participação no evento, o produtor e cineasta brasileiro Frederico Lapenda foi nomeado presidente do Grand Jury do Beverly Hills Film Festival, cargo responsável por, entre outras funções, selecionar so jurados que vao eleger os vencedores da competição.

Leia também: São Paulo recebe festival de cinema Italian Film Fest em outubro

A história de Lapenda com o festival começou em 2008, quando ele se consagrou o vencedor com seu filme Bad Guys, estrelado por Kate Del Castillo, Danny Strong e Rampage Jackson. Sua segunda vitória foi em 2010, com o documentário Sequestro, que também concorreu a uma nomeação a um Oscar. Em 2013, Lapenda fundou e produziu o Beverly Hills Film Festival Japan e acredita que um formato de Gand Prix seria a melhor forma de garimpar filmes internacionais.

O brasileiro Frederico Lapenda entre Andie MacDowell e  Sharon Stone. John Voight À direita
Divulgação
O brasileiro Frederico Lapenda entre Andie MacDowell e Sharon Stone. John Voight À direita

A edição de 2018 será realizada entre os dias 4 e 8 de Abril de 2018, com estreia programada para o tradicional Teatro Chinês da Hollywood Blvd. Duas grandes vantagens podem ser destacadas do festival.  Primeiro por ele estar localizado no coração da indústria de cinema, próximo aos grandes distribuidores e agências de talento, o que facilita aos realizadores convidar esse público para assistir seus filmes na tela grande. Em segundo lugar, pelo perfil 'não corporativo' do evento, que resulta em menos política e foco total na qualidade das produções.

Leia também:  “Me Chame Pelo Seu Nome” abre a 25ª edição do Festival Mix Brasil

Lapenda acredita que os festivais de cinemas são de extrema importância para os jovens por ser uma oportunidade de ouro para eles mostrarem seu trabalho. “A exibição do filme na tela de cinema aumenta aquele impacto inicial sobre quem assiste, alguns casos conquistando no ato a distribuição para a obra. Além disso, é uma excelente oportunidade para fazer networking, atrair um empresário e criar novas alianças que resultam em futuros projetos”.

Frederico Lapenda Beverly Hills Films Festival 2018 Trailer:


Sobre o cinema brasileiro, Lapenda se mostra muito animado com essa nova fase, repleta de produções de grande potencial. “Estou muito empolgado com essa nova safra de produções e espero ver muitas delas brilhando em festivais, como o de Beverly Hills, mostrando o talento do brasileiro para os mercados do mundo todo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas