Tamanho do texto

Lady Gaga, Rihanna e P!nk são algumas divas pop que já deixaram o lado humano aflorar por meio da temática e fotografia de alguns clipes; Confira!

O glamour da fama, para quem assiste de fora o que rola nesse mundo, pode parecer um mar de rosas, mas viver ali deve ser muito mais difícil do que se imagina. Por isso mesmo é que, de vez em quando, as divas mais queridas do pop surpreendem com o público com clipes nos quais todas elas se despem dessa fantasia de luxo e sucesso absoluto.

Leia também: Tiro atrás de tiro! Veja os dez clipes mais polêmicos de Rihanna

Divas pop como Rihanna, Alicia Keys e Beyoncé já mostraram para o público que, apesar da fama, elas também são apenas seres humanos, seja com a mensagem ou com o visual dos clipes
Reprodução
Divas pop como Rihanna, Alicia Keys e Beyoncé já mostraram para o público que, apesar da fama, elas também são apenas seres humanos, seja com a mensagem ou com o visual dos clipes

Para resgatar o lado humano de cada uma dessas divas que enchem de alegria o coração daqueles que amam pop, o iG Gente resolveu montar uma lista com os clipes que mostram que, mesmo com o status de celebridade mundialmente conhecida e o entorno repleto de fama e glamour, essas cantoras também são seres humanos – e precisam ser enxergadas assim. Confira!

Leia também: Sete clipes musicais para entrar no clima da Sexta-Feira 13

Million Reasons (Lady Gaga)

O último disco de Lady Gaga, “Joanne”, lançado em outubro de 2016, foi um prato cheio para os fãs que queriam se sentir dentro do mundo da cantora – que foi mostrado de uma forma completamente diferente do que já havia sido até então.

Na música e no clipe
Reprodução/Youtube
Na música e no clipe "Million Reasons", Lady Gaga pede motivos para continuar seguindo carreira no mundo da música e da fama

Entre as faixas do álbum, o single Million Reasons ganhou o coração dos pequenos monstrinhos (como a diva se refere carinhosamente aos fãs) e, no clipe, mostrou um lado vulnerável, cansado e completamente despido da diva, que sempre apareceu para o público como um ícone de moda, polemizando com um look mais fantasioso e galmouroso que o outro. No entanto, dessa vez, o lado humano de Stefani Joanne Angelina Germanotta, nossa querida Lady Gaga, ficou em evidência.

Pretty Hurts (Beyoncé)

No clipe de
Reprodução/Youtube
No clipe de "Pretty Hurts", Beyoncé mostra como a luta para alcançar o padrão perfeito de beleza pode ser dolorida

Ao invés de explorar o lado mais simples como fez Lady Gaga em Million Reasons, que levou os fãs para os bastidores de sua vida, Beyoncé fez o contrário: por meio de muito esforço para conseguir alcançar o ideal de beleza, entre maquiagens, joias, corpos malhados e sorrisos de orelha a orelha no clipe de Pretty Hurts, a musa não mostrou a humanidade através da fotografia do vídeo, e sim por meio da temática. No clipe de Pretty Hurts, lançada em 2013, mostra o quanto a busca implacável pelo padrão estético pode ser desnecessariamente dolorosa e desgastante.

Try   (Colbie Caillat)

No clipe do hit
Reprodução/Youtube
No clipe do hit "Try", a cantora Colbie Caillat inspira mulheres a se amarem do jeito que são

No caso do clipe de Try, hit da cantora Colbie Caillat de 2014, a reviravolta foi o que ganhou a atenção do público. No início do vídeo, mulheres dos mais variados tipos de pele, corpo e cabelo aparecem muito bem maquiadas, mas tristes. Conforme a sequência segue, Colbie vai mostrando aos poucos a única mensagem que quer passar: que as mulheres devem se amar do jeito que são, sem se prenderem em amarras que as impõem um padrão inalcançável e incompatível com a diversidade linda composta por elas.

Stone Cold (Demi Lovato)

Até mesmo uma diva pop como Demi Lovato pode sofrer por amor – e o clipe de Stone Cold é a maior prova disso. A letra da música fala sobre um amor perdido por uma mulher que, mesmo machucada por não estar mais com seu amado, ainda assim torce por sua felicidade. “Deus sabe que eu tento me sentir feliz por você/Saiba que eu sou/Mesmo que eu não consiga entender/Eu aguentarei a dor, me dê a verdade/Eu e meu coração, nós vamos conseguir superar/Se a felicidade é ela, eu estou feliz por você”, diz a letra.

Em
Reprodução/Youtube
Em "Stone Cold", Demi aparece chorando em uma banheira sem maquiagem atuando na pele de uma mulher que sofre com um amor não correspondido

No caso do clipe, a fidelidade à letra da música não falha. Por dizer na composição que está “fria como pedra”, Demi gravou as cenas do vídeo curto em meio a neve para dialogar diretamente com o sentimendo que o hit passa – e se saiu muito bem! Lançado em 2016, o clipe da cantora também a mostra em uma banheira chorando, sem maquiagem. Parece que nem mesmo os famosos estão livres de sofrer, né?

Everytime (Britney Spears)

Mesmo com a alta dose de ficção, o clipe da música Everytime, de Briney Spears, lançado em 2003, mostra o quanto uma celebridade pode sorrir da porta para fora, mas dentro do próprio mundo estar em pedaços. No vídeo, Britney encena uma fase de loucura na carreira de cantora, onde a paz não existe mais. E a falta dela, inclusive, acaba culminando em um fim mais triste do que se pode imaginar.

No clipe de
Reprodução/Youtube
No clipe de "Everytime", música lançada em 2003 por Britney Spears, a cantora aborda as mazelas de viver com fama

Ainda em relação a  música Everytime,  a primeira inteiramente composta por Brit, há um fator curioso. A letra pareceu prever o colapso de sua carreira, que estaria por vir pouco tempo depois do lançamento desse hit. Será que Brtiney já havia previsto tudo o que ia acontecer?

F**kin’ Perfect (P!ink)

No clipe dessa música de P!nk, a autoestima e o amor próprio protagonizam o pequeno enredo
Reprodução/Youtube
No clipe dessa música de P!nk, a autoestima e o amor próprio protagonizam o pequeno enredo

Nesse item da lista, os principais pontos são a auto aceitação e o amor próprio. No clipe de F**kin’ Perfect, P!nk conta história de uma menina que sempre foi incompreendida em todas as instâncias da vida, algo que a impediu, durante muito tempo, de ser ela mesma. No entanto, o vídeo curto tem um olhar tão humano, que apesar dos pesares e de todo o sofrimento, a vida da jovem toma rumos completamente diferentes: no fim das contas, ela aparece casa, bem sucedida, feliz e certa de que não vai deixar as pessoas importantes de sua vida esquecer que elas são absolutamente perfeitas – e que todo o resto do mundo também é.

Stay (Rihanna)

Na versão audiovisual de
Reprodução/Youtube
Na versão audiovisual de "Stay", Rihanna se mostra mais vulnerável e natural por conta da nudez e da ausência de maquiagem

As marcas de Stay são indiscutíveis: além da banheira, quase uma protagonista do clipe junto com a diva Rihanna, tem também outra parte em destaque: a vulnerabilidade na qual a cantora se encontra. Mesmo com uma nudez sutil, seu corpo é um dos pontos principais do vídeo curto, que contou também com a participação do cantor Mikky Ekko. No clipe de Stay, é preciso ressaltar o quando Rihanna soou mais humana no que diz respeito ao comum: durante toda a gravação, a cantora só aparece ao natural, sem maquiagem e sem o glamour de sempre, o que, normalmente, rouba a cena em seus trabalhos visuais para músicas.

In Common (Alicia Keys)

Em relação ao hit lançado em 2016, a cantora Alicia Keys deixa evidente seu lado humano a partir do momento em que trava com o público a ponte para que ele se sinta igual a ela. “Nós temos muito em comum” é o que diz o refrão da música. No clipe, todos os dançarinos usam preto e maioria deles é negro – assim como Alicia. Porém, ainda assim, há crianças, pessoas de outras raças, fora do padrão comum de peso, gays e muito mais modelos que exemplificam a diversidade das pessoas do mundo.

A música
Reprodução/Youtube
A música "In Common", da cantora Alicia Keys, foi lançada no fim de 2016

No caso de Alicia, não é só o clipe de In Common que a faz uma bela artista e uma pessoa e tanto. Depois de articular sobre o assunto, também em 2016, a cantora baniu completamente de sua vida o uso de maquiagem por acreditar que as pessoas têm que se sentir bem como são. Não é maravilhosa?

 Younger Now   (Miley Cyrus)

No clipe da música
Reprodução/Youtube
No clipe da música "Younger Now", Miley Cyrus parece introduzir uma nova fase de si mesma e da carreira

Todo mundo que acompanha as novidades do mainstream sabe muito bem que Miley Cyrus, uma das queridinhas do pop, viveu um longo período no qual a maioria de suas atitudes eram julgadas. Porém, o clipe de Younger Now parece configurar uma fase completamente nova para a cantora, que considera que as mudanças podem servir como aliadas nessa vida. Em um momento do vídeo, Miley contracena com uma fantoche que a imita na época em que atuava no seriado “Hannah Montana”, da Disney. Abraçando a boneca em cena, a cantora declara que mesmo sabendo exatamente quem é, não tem medo de quem costumava ser antes. Vivendo e aprendendo, né?

Born This Way (Lady Gaga)

Lady Gaga no clipe de
Reprodução
Lady Gaga no clipe de "Born This Way"

Se ela abriu essa lista, por que também não pode fechar? Como já dito anteriormente, quem acompanhou a carreira da diva Gaga até hoje sabe muito bem que ela nunca dispensa chamar a atenção para as mais irreverentes representações do mundo da moda. Entre muitos clipes já produzidos pela eterna loira, o de “Born This Way”, apesar da fantasia envolvida e das cenas abstratas, tem a letra da música  passando uma mensagem de autoestima mais do que necessária: “Eu sou linda do meu jeito/Porque Deus não comete erros/Eu estou no caminho certo/Eu nasci assim”. Tem recado mais motivador e amoroso que esse para ser dado a uma legião de fãs?