Tamanho do texto

Robert Kirkman, de "The Walking Dead", e Shonda Rhimes, de "Grey's Anatomy", deixaram a TV e assinaram contratos com Amazon e Netflix

"The Walking Dead" e " Grey's Anatomy "  sofreram duas grandes perdas: os autores Robert KirkmanShonda Rhimes reincidiram seus contratos com os canais norte-americanos AMC e ABC , respectivamente, e assinaram com os serviços de TV por streaming Amazon e Netflix .

Leia também: Dublê morre após acidente no set de "The Walking Dead", diz site

Autores de
Reprodução
Autores de "The Walking Dead" e "Grey's Anatomy" migram para serviços de streaming

" The Walking Dead " e "Grey's Anatomy", no entanto, não deixarão de ser transmitidos pelos canais norte-americanos. Nos serviços de streaming, os autores irão trabalhar em novos projetos, como indicam os comunicados de contratação de cada um - como de costume, os valores dos contratos não foram divulgados.

Leia também: Inspirado em “Game of Thrones”, novo cartaz de “The Walking Dead” é divulgado

A autora e produtora Shonda Rhimes é um dos grandes nomes da indústria do entretenimento que surgiu nos últimos anos. Tornou-se reconhecida não apenas pela habilidade em escrever roteiros de sucesso nos filões já conhecidos. Mas também, por dar voz a protagonistas negras e pelo ritmo narrativo imposto em seus trabalhos. Depois de escrever sucessos na TV aberta dos Estados Unidos, como "Grey's Anatomy" e "How To Get Away With Murder", Shonda fará seu novo projeto em parceria com a Netflix.

Adeus aos zumbis?

Já Robert Kirkman é o autor dos comics que deram origem a série de zumbis pós-apocalíptica norte-americana - que se tornou um inesperado sucesso nos canais de TV por assinatura ao redor do mundo. De acordo com as informações divulgadas pelo Hollywood Reporter , o contrato do escritor com a Amazon é de dois anos e ele irá criar produções exclusivas para o serviço.

Leia também: Canal  que produz "The Walking Dead" transforma série em animação

Juntamente com o autor, sua produtora - Skybound - também passa a integrar o time de produtores do serviço de streaming da maior rede de varejo online dos Estados Unidos. Ainda de acordo com o comunicado oficial de contratação, Kirkman é um dos "produtores mais inovadores e destemidos da indústria”, em tradução livre.

"The Walking Dead" irá voltar à televisão com sua oitava temporada em outubro e a previsão é de que tenha 16 episódios. A última temporada da série a ser exibida sofreu com baixos níveis de audiência, porém o canal não pretende fazer alterações na programação da série.

    Leia tudo sobre: The Walking Dead