Tamanho do texto

Responsável por sucessos como "Pulp Fiction" e "Kill Bill", Quentin Tarantino revela planos de produzir filme sobre o serial killer Charles Manson

Quentin Tarantino revelou quais são os seus planos para o futuro, ao menos, no cinema : seu próximo filme deverá retratar os assassinatos cometidos pelo serial killer Charles Manson  e pelos seguidores de sua seita, conhecida como "A Família".

Leia também: Nova temporada de "Stranger Things" ganha teaser e data de estreia

Quentin Tarantino planeja filme sobre assassinatos de Charles Manson e seus seguidores
Divulgação
Quentin Tarantino planeja filme sobre assassinatos de Charles Manson e seus seguidores

De acordo com informações do The Hollywood ReporterQuentin Tarantino irá escrever e dirigir o filme, que ainda não ganhou um título. Ele também já teria entrado em contato com os atores  Brad Pitt e Jennifer Lawrence para fazerem parte do filme, mas não chegou a um acordo com os artistas. Contudo, os irmãos Harvey e Bob Weinstein já estão confirmados no projeto. Eles também já se envolveram em outros longas do diretor. 

Leia também: Por trás das câmeras: Rihanna mostra bastidores de "Valerian"

Crimes

Os crimes cometidos por Charles Manson e seus seguidores aconteceram no ano de 1969, quando Manson orquestrou o assassinato de sete pessoas em Los Angeles. Os membros de sua seita foram os executores, e ele apenas comandou os ataques.

Ainda de acordo com a publicação norte-americana, a trama do filme deverá ser centrada em Sharon Tate. Ela era uma atriz que foi assassinada dentro de sua própria casa pelos seguidores do serial killer. Isso porque ele ordenou que quatro membros de sua seita atacassem os moradores de uma casa que ele acreditava pertencer a um produtor que o havia rejeitado.

No decorrer da noite, a atriz - que era casada com o diretor Roman Polanski e  estava grávida de oito meses - foi assassinada, assim como outras quatro pessoas que estavam dentro da residência. No ano de 1971, ele foi preso pelos crimes cometidos e condenado a prisão perpétua - e está preso até os dias atuais.

Leia também: "The Walking Dead": nova temporada pode ser adiada para o final de outubro

O último trabalho de Quentin Tarantino foi o longa "Os Oito Odiados, lançado em 2015. O filme conquistou o Oscar de Melhor Trilha Sonora e recebeu indicações ao prêmio na categoria de Melhor Direção de Fotografia.