Tamanho do texto

Vencedor do prêmio humanitário do BET Awards, rapper recebeu uma homenagem da ex-primeira-dama dos EUA; veja os outros vencedores

O cantor Chance the Rapper foi homenageado por Michelle Obama no BET Awards 2017 , premiação voltada para a comunidade negra que aconteceu nesse domingo (25). Vencedor do prêmio humanitário do evento, o rapper recebeu a homenagem da ex-primeira-dama dos Estados Unidos através de um vídeo.

Leia também: Chance The Rapper derruba fã que invadiu palco durante show

Chance the Rapper recebeu o prêmio humanitário no BET Awards 2017, nesse domingo (25)
Reprodução/BET
Chance the Rapper recebeu o prêmio humanitário no BET Awards 2017, nesse domingo (25)

Chance the Rapper foi premiado por suas ações de caridade, que inlcuem uma doação de US$ 1 milhão (R$ 3,3 milhões) para as escolas públicas de Chicago, cidade onde ele cresceu.

Antes de aceitar o prêmio, Chance foi surpreendido por um vídeo de Michelle Obama. No clipe, a ex-primeira-dama falou sobre a atuação do rapper. "Nós conhecemos Chance e sua família desde que ele era um pequeno rapper e tem sido emocionante vê-lo crescer de tantas maneiras. Além de fazer ótimas músicas, ele pegou esse foco de luz que o segue onde quer que ele vá e tem iluminado muitos jovens em Chicago", disse Michelle.

"Ele tem se posicionado e lutado para que as crianças da nossa cidade recebam a educação que merecem. Com esses esforços, Chance está mostrando para os jovens que eles importam, que eles têm algo dentro deles que vale a pena ser mostrado, que eles podem contribuir para a comunidade e para o nosso país. Chance, você é um excelente modelo e uma inspiração para todos nós que nos importamos com a próxima geração. Por causa de você, incontáveis jovens vão crescer acreditando neles mesmos, atingindo seu potencial e levantando outras pessoas no caminho. Eu não vejo um legado melhor do que esse e estou emocionada por te celebrar hoje e poder te chamar de amigo", disse a esposa de Barack Obama.

Leia também: Dez momentos que provam que Michelle Obama foi a melhor primeira-dama

Depois do vídeo, o rapper fez um discurso para aceitar o prêmio. Ele confessou que se surpreendeu com a honraria. "Receber um prêmio desses com a minha idade é um pouco estranho, parece ser muito cedo. Mas Deus não comete erros e eu gosto de pensar que ele está colocando essa pressão para ver como eu me saio", disse o cantor de 24 anos.

O músico aproveitou o discurso para falar sobre coisas que estão atrapalhando a sociedade em Chicago. "Vocês precisam deixar todo mundo que foi preso vendendo maconha sair da cadeia antes de legalizá-la. Eu ia dizer para o sistema educacional pública de Chicago não aceitar o empréstimo do banco Chase quando eles sabem que nossas escolas estão falindo. Eu ia dizer para esses juízes que nós só podemos condenar quando sabemos que as pessoas estão fazendo coisas erradas. Mas nós temos que melhorar nós mesmos antes de melhorar o mundo", disse, prometendo ser um homem melhor e um pai melhor.

Leia também: Barack Obama ouve banda hipster de forró durante sessão de exercícios

Além de Chance, o BET Awards 2017 teve outros vencedores.

Veja a lista abaixo:

Melhor cantora de R&B/Pop: Beyoncé
Melhor cantor de R&B/Pop: Bruno Mars
Melhor grupo: Migos
Melhor colaboração: Migos feat. Liz Uzi Vert –  Bad and Boujee
Melhor cantor de hip-hop: Kendrick Lamar
Melhor cantora de hip-hop: Remy Ma
Clipe do ano: Beyoncé –  Sorry e Bruno Mars –  24k Magic  (empate)
Artista revelação: Chance the Rapper
Melhor atriz: Taraji P. Henson
Melhor ator: Mahershala Ali
Melhor filme: "Estrelas Além do Tempo"
Atleta feminina do ano: Serena Williams
Atleta masculino do ano: Stephen Curry
Escolha do público: Beyoncé –  Sorry
Melhor artista internacional (Europa): Stormzy (Reino Unido)
Melhor artista internacional (África): WizKid (Nigéria)

    Leia tudo sobre: músicas