Tamanho do texto

A premiação do pornô nacional que aconteceu nessa terça-feira (6) é o prêmio nacional mais próximo do Oscar; veja os motivos

O Prêmio Sexy Hot já é conhecido por ser o Oscar do pornô brasileiro, mas a edição deste ano, que aconteceu nessa terça-feira (6), em São Paulo, mostrou que a premiação é mais do que isso: ela é o Oscar do cinema brasileiro como um todo.

Leia também: Oscar do pornô brasileiro, Prêmio Sexy Hot tem multicampeã e discursos engajados

O Prêmio Sexy Hot 2017 reuniu os grandes nomes do pornô nacional
Divulgação
O Prêmio Sexy Hot 2017 reuniu os grandes nomes do pornô nacional

Pensando nisso, o iG resolveu fazer uma lista de 10 provas de que o Prêmio Sexy Hot é o Oscar brasileiro (desculpa Festival de Gramado e outras premiações de cinema). Veja abaixo:

Looks arrasadores

Os looks do Oscar só chamam a atenção porque o mundo ainda não conhece os modelitos que as atrizes usam na premiação do Sexy Hot. Usando vestidos curtos e justos, elas mantêm a elegância e atraem todos os olhares.

Direto do #premiosexyhot pra vcs obrigada 🙏🏻 pelos 200k

Uma publicação compartilhada por Sabrina Boing Boing (@sabrinaboingboingoficial) em

No evento dessa terça, o campeão foi o look de Sabrina Boing Boing. Ela não estava nem concorrendo, mas arrancou suspiros ao subir no palco com um vestido com uma fenda enorme e um decote bem ousado. Outros destaques da noite foram Barbara Costa e Elisa Sanches.

Piadinhas

Cerimônias como a do Oscar, que são longas e têm tudo para ser maçantes, costumam caprichar nas piadinhas – até para evitar que o público morra de tédio. Se o pessoal consegue fazer piada em uma premiação como o Oscar, eles deitam e rolam num prêmio de filmes pornô.

Bruno Sutter apresentou uma das categorias do Prêmio Sexy Hot 2017
Divulgação
Bruno Sutter apresentou uma das categorias do Prêmio Sexy Hot 2017

Bruno Sutter, do grupo de comédia Hermes & Renato, entrou no espírito da coisa rápido e mandou uma sequência de piadas em sua participação no evento. Até os premiados fizeram uma gracinha. "A gente dá duro pra vencer esse troféu", disse Emme White, a grande vencedora da noite, provocando risos na plateia.

Um bom host

O Oscar deste ano foi apresentado por Jimmy Kimmel. Conhecido por seu talk show, ele mandou bem no comando da festa mais importante do cinema, mas não foi tão bem quanto Léo Jaime no Prêmio Sexy Hot.

Comandando o evento pelo segundo ano consecutivo, o artista se sentiu em casa. Ele interagia bastante com o público e os concorrentes, fazendo piadas e orquestrando tudo como um grande mestre de cerimônias. Sem nunca perder as rédeas do evento, a impressão era de que o cantor nasceu para participar dessa premiação.

Celebridades apresentando prêmios

O Oscar sempre leva nomes de Hollywood e até outras celebridades para apresentar seus prêmios e entregar as estatuetas aos vencedores, mas nenhuma delas chega aos pés de quem apareceu para a premiação do Sexy Hot.

Pablo Vittar esteve no Prêmio Sexy Hot 2017
Divulgação
Pablo Vittar esteve no Prêmio Sexy Hot 2017

O grande nome foi Mr Catra. O "pai de todos" foi o responsável por entregar o troféu de melhor filme hétero, o prêmio mais importante da noite. Mas, antes dele, grandes nomes subiram ao palco. A ex-BBB Bianca Jahara começou os trabalhos e abriu caminho para Mulher Melão, Milton Cunha, Dicésar, Pablo Vittar e outras celebridades apresentarem as categorias.

Discursos engajados

Na premiação americana, os atores costumam usar seus discursos para defender as causas em que acreditam. Leonardo DiCaprio, por exemplo, só ganhou seu primeiro Oscar de melhor ator no ano passado e aproveitou seu espaço no palco para falar sobre aquecimento global.

No Oscar do pornô, a coisa é similar. Ao vencer um dos prêmios da noite, Nego Catra desabafou. "Muitas pessoas julgam a gente sem conhecer, falam várias coisas, mas poucas pessoas me deram oportunidade", disse. Emme White, a grande campeã, também usou seu espaço para defender a classe. "Um foda-se pra essa sociedade hipócrita. Não tenho vergonha, estou dando a cara a tapa e sendo reconhecida por isso", declarou a atriz.

Leia também: Sexografia: série de reportagens do iG desmistifica o sexo no entretenimento

Emoção no palco

Enquanto uns preferem usar o discurso para engajar pessoas para causas nobres, outros não seguram a emoção. No Oscar, é bem comum a gente ver atores e atrizes que caem no choro ao perceber que receberam a maior honraria do cinema.

Elisa Sanches se emocionou no Prêmio Sexy Hot 2017 – enquanto Milton Cunha apertava seu bumbum
Divulgação
Elisa Sanches se emocionou no Prêmio Sexy Hot 2017 – enquanto Milton Cunha apertava seu bumbum

No cinema pornô nacional, a premiação do Sexy Hot é a maior honraria, então é compreensível que os vencedores também chorem. Revelação hétero do ano, Elisa Sanches não segurou as lágrimas ao ganhar seu prêmio. "Isso aqui é meu sonho", disse, enquanto enxugava os olhos e era consolada por Milton Cunha. Nego Catra, de novo ele, resumiu o sentimento de quase todo mundo ali: "Pra muita gente, isso não pode ser nada, mas pra mim é muito", afirmou.

Suspense até o último segundo

Uma das grandes diversões do Oscar é descobrir quem vai levar os troféus para casa. Para isso, os nomes dos vencedores são guardados a sete chaves e eles só são conhecidos em cima do palco, quando o apresentador recebe o famoso envelopinho.

Na premiação do pornô, a coisa é igual. Apesar de grande parte das categorias serem abertas ao voto popular, os vencedores só são conhecidos na cerimônia – e os apresentadores adoram fazer um suspense até o último segundo.

Plateia participativa

A plateia do Oscar é quase um show a parte. Recheada de famosos, a fila de espectadores reage às piadinhas ruins, aos prêmios e aos momentos emocionantes da premiação.

No prêmio do cinema pornô nacional, a plateia é ainda melhor. Com várias pessoas importantes da indústria, o público é bem espontâneo. Em uma das esquetes da noite, Leo Jaime pediu para que o pessoal imitasse alguns gemidos mostrados no telão e eles atenderam o pedido prontamente. Mas nem quem trabalha com isso é imune aos nomes das produções. O filme "Doutor Ponha no meu Rabo Por Favor", por exemplo, arrancava muitos risos da plateia toda vez que era anunciado no telão.

Trapalhadas

O Oscar é marcado por várias trapalhadas. A maior aconteceu neste ano, quando "La La Land: Cantando Estações" foi anunciado erroneamente como o melhor filme, troféu que pertencia a "Moonlight: Sob a Luz do Luar". O Prêmio Sexy Hot não teve nada do tipo, mas aprontou das suas.

Leia também: Gafe histórica mascara triunfo surpreendente de "Moonlight" no Oscar 2017

Mulher Melão cometeu uma gafe no Prêmio Sexy Hot 2017
Divulgação
Mulher Melão cometeu uma gafe no Prêmio Sexy Hot 2017

Em um dos momentos de trapalhada, a apresentadora confundiu todo mundo ao anunciar o vencedor de um prêmio errado. Mas, na verdade, a mancada foi do pessoal do telão, que mostrou os indicados errados. Entretanto, a grande gafe da noite foi da Mulher Melão. Em vez de anunciar o vencedor da melhor cena de gangbang, ela disse quem tinha feito a melhor cena de "bang bang" – e sequer percebeu a trapalhada.

Selfies

A selfie do Oscar. tirada por Ellen DeGeneres, ficou bem famosa e foi por muito tempo o tuíte mais popular da história. O Prêmio Sexy Hot não tem selfies tão populares, mas ainda é um lugar em que as pessoas adoram fazer suas fotos. Para provar, é só pesquisar a hashtag #PrêmioSexyHot no Instagram ou no Twitter e ver a quantidade de selfies.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.