Tamanho do texto

Livro e documentário "URBANAS" trazem questões importantes sobre moda e empoderamento das mulheres na cidade de São Paulo

Seguindo uma tendência mundial, a cidade de São Paulo irá ganhar seu primeiro registro do street style. Trata-se do livro e do web documentário "URBANAS", que irá mostrar a diversidade de estilos da mulher brasileira em 260 páginas. Nelas, cerca de 180 mulheres contemporâneas que habitam - ou transitam - pela cidade,  foram registradas por uma nova geração de fotógrafos, entre os anos de 2008 e 2016.

Leia também: Cannes dá a largada em 70ª edição com protestos contra Netflix e temas políticos

Fernanda Young está no documentário e livro
Divulgação
Fernanda Young está no documentário e livro "URBANAS", que trata sobre o empoderamento feminino nas grandes cidades

Traçando um paralelo entre moda , individualidade e empoderamento feminino , " URBANAS " cria uma abordagem antropológica cultural sobre questões vinculadas a trajetória das mulheres na luta por independência e realização. Além disso, também é um registro da moda deste século, e de como as mulheres a usam para expressar sua individualidade.

Leia também: Documentário da HBO investiga fascínio por Slenderman a partir de crime chocante

De acordo com os idealizadores do projeto - que foi inspirado em trabalhos parecidos feitos em Londres e Nova York -, as escolhas se pautaram nas mulheres das ruas, e elas revelam influências de diferentes épocas e lugares em uma grande explosão de universos pessoais e particulares, que cada  mulher usa para compor seu estilo. "Neste momento em que a questão feminina é tão premente, percebo ser imprescindível que as mulheres tenham voz e espaço para se expressarem, deste modo 'URBANAS' amplia o espectro dos tradicionais livros de street style", explica Ricardo Feldman, autor do projeto.

A ideia original era  que fosse produzido apenas um livro, contudo, o projeto desdobrou-se em um Web Documentário, que elegeu nove mulheres dentre as retratadas no livro, para um bate-papo informal. Sofás foram colocados nas ruas, oferecendo ao espaço urbano o aconchego de uma sala de estar, onde essas mulheres foram entrevistadas sobre os mesmos temas contemporâneos iluminados pelo livro: a ditadura da beleza, as novas famílias, a liberdade de ir e vir, além das questões sobre gênero, muito em pauta na imprensa e nas redes sociais atualmente. 

Leia também: Após assédio da Globo, Rodrigo Faro acerta com a Record

O lançamento do livro e do web documentário "URBANAS" está marcado para a próxima quarta-feira (17). Entre as mulheres fotografadas estão: Lilian Pacce, Julia Petit, Costanza Pascolato, Vanessa Rozan, Érika Palomino, Ana Canãs, Laura Neiva, Daniele Suzuki e muitas outras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.