Tamanho do texto

Capitulo final da sétima temporada teve terceira pior audiência da história; Scott Gimple, produtor, comenta rumos da oitava temporada da série

 Depois de sete longos anos no ar, “The Walking Dead” se prepara para sua oitava temporada – e as coisas não vão bem como poderiam. O último episódio da sétima temporada foi ao ar no último domingo (2) e registrou o terceiro pior índice de audiência da história do programa com uma média cerca de 20% menor do que a sexta temporada, de acordo com o site Deadline . Vivendo uma realidade de queda de audiência, o produtor Scott Gimple terá de arranjar uma saída para reconquistar o público perdido. Em entrevista ao The Hollywood Reporter , ele comentou caminhos para seguir na próxima temporada.

Leia também: Decepcionante, "The Walking Dead" encerra 7º ano reafirmando Negan como trunfo

''The Walking Dead'' segue perdendo audiência e produtores da série precisam criar soluções para sua próxima temporada
Divulgação
''The Walking Dead'' segue perdendo audiência e produtores da série precisam criar soluções para sua próxima temporada


Recorde negativo

Mesmo sendo um dos “ovos de ouro” da AMC , “ The Walking Dead ” está rolando ladeira abaixo – além das críticas negativas, o último capítulo da sétima temporada da série encarou rejeição e conquistou o terceiro pior índice da sua história, atrás apenas do final da primeira e segunda temporadas.

Leia também: "The Walking Dead" se arrasta para um melancólico fim de sétima temporada

Desde sua quarta temporada a produção não consegue manter a audiência ao longo das semanas e sempre marcou pontuações menores no final do que no começo – e isso pode indicar uma perda no ritmo ao longo dos episódios. O décimo sexto – e último capítulo – da série, segundo o Deadline , teve por volta de 11,3 milhões, ou seja, 20% a menos que o equivalente da temporada anterior, considerando que em 2016 sua audiência já estava em declínio.

Estratégias

Lidando com uma crise do programa, Scott Gimple , produtor da série, falou ao The Hollywood Reporter que a oitava temporada poderá ser levemente diferente das demais para acompanhar melhor os quadrinhos – onde acontece um grande salto temporal entre os eventos. É possível que ele opte por realizar alterações na cronologia dos fatos para encaixar a história no formato televisivo. “Em geral, eu acho que vai haver um pouco mais de conteúdo em relação ao que Robert [Kirkman] fez referências. [...] Nós vamos definitivamente honrá-lo e fazê-lo, mas definitivamente vamos ter mais destaque para isso ou talvez faremos de uma maneira diferente”.

Leia também: Diretor de "The Walking Dead" fala sobre desafios de filmar final da temporada

Criador da série, Robert Kirkman, que também trabalha na adaptação ao lado de Gimple, também conversou com o veículo sobre o futuro de “ The Walking Dead ”. “Nós conversamos sobre se vamos ou não fazer tudo o que aconteceu nos quadrinhos. Isso é algo que Scott e eu estamos discutindo o tempo todo”, afirmou.

    Leia tudo sobre: The Walking Dead
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas