Tamanho do texto

Com destaque para as galerias brasileiras, SP-Arte terá nomes importantes do circuito artístico mundial como a White Cube; JAPAN HOUSE São Paulo apresenterá conteúdo exclusivo durante a mostra que acontece em abril

Para os amantes de artes visuais, São Paulo irá receber mais uma edição do evento SP-Arte. Voltado para expor o trabalho de artistas representados por galerias de todas as partes do mundo, o evento acontecerá entre os dias 6 e 9 de abril no pavilhão da Bienal no parque Ibirapuera. Esse ano a novidade será a inclusão de 20 novas galerias na exposição representando Japão, Estados Unidos, Alemanha, Itália e Portugal.

Leia também: O fenômeno das grandes exposições de arte em São Paulo

Pavilhão da Bienal recebe SP-Arte, evento que reúne as principais galerias de arte de todo mundo em um só local
Jéssica Mangaba e Ênio César/Divulgação
Pavilhão da Bienal recebe SP-Arte, evento que reúne as principais galerias de arte de todo mundo em um só local


A proposta da SP-Arte é promover a oportunidade de que mais pessoas possam conhecer e apreciar trabalhos que, de forma geral, são mais restritos nas galerias. “O nosso trabalho, ao longo de mais de uma década, foi sempre no sentido de democratizar o acesso à arte”, comenta a fundadora do evento, Fernanda Feitosa. A edição de 2017 terá mais de 130 instituições participantes apresentando nomes renomados das artes como a artista japonesa Yayoi Kusama, representada pela JAPAN HOUSE São Paulo – que vai reunir obras de setes galerias de partes diferentes do mundo.

Leia também: Exposição "Arte Moderna" reúne mais de 100 obras na Pinacoteca de SP

Espaço MUL.TI.PLO apresenta obras de José Pedro Croft na SP-Arte
Divulgação
Espaço MUL.TI.PLO apresenta obras de José Pedro Croft na SP-Arte

Os nomes brasileiros de maior destaque esse ano serão a Mendes Wood DM , Casa Triângulo , Fortes D’Aloia & Gabriel, Pinakotheke, Vermelho. Outros nomes de peso estarão presentes assegurando a participação de artistas nacionais no evento. As inglesas White Cube , Lisson e Spethen Friedman são as principais atrações do país na SP-Arte, além das italianas Franco Noero, Continua e Cardi. Alemanha, México, Bolívia e Cuba também terão representantes na exposição.

Programação

A mostra SP-Arte acontecerá entre os dias 6 e 8 de abril no Pavilhão da Bienal no Parque do Ibirapuera e contará com mais de 130 galerias apresentando obras de artistas de todo o mundo. Alguns dos setores especiais do evento serão o Showcase, que apresenta artistas que são fundamentais para a compreensão do cenário artístico da atualidade, o Solo, que apresentará pequenas mostras individuais, as Perfomances, apresentações presenciais com artistas e uma área dedicada ao design.

Leia também: Museus se preparam para nova era e se transformam em agentes do presente

Aconteceram, também, ações paralelas como a Night Gallery , que serão duas visitas guiadas por museus e galerias da cidade de São Paulo nos bairros da Vila Madalena e Pinheiros nos dias 3 e 4 de abril. Nos dias 6 e 7 aconteceram palestras e debates com personalidades influentes do setor das artes. As entradas para a SP-Arte custam R$ 45 e a meia R$ 20 com bilheteria no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.