Tamanho do texto

Após mexer com os ânimos do público que tinha “La La Land” como favorito, a auditora dos votos do Oscar se desculpou por erro no anúncio do prêmio

O produtor de
Divulgação
O produtor de "La La Land" mostra o envelope com a vitória de "Moonlight" no Oscar 2017


Em relação a uma das maiores gafes de todos os tempos, a PricewaterhouseCoopers, auditora responsável por receber e contabilizar os votos de todas as premiações do Oscar , se desculpou e assumiu a culpa pelo erro que teve como protagonistas as celebridades Warren Beatty e Faye Dunaway, que revelaram que “La La Land” teria ganhado o prêmio de melhor filme, enquanto o vencedor era “Moonlight” .

Leia também: Viola Davis se torna 1ª atriz negra a triunfar no Oscar, Emmy e Globo de Ouro

Pelo fato da premiação do Oscar ser uma das que tem o maior respeito entre os componentes e atuantes no mundo do cinema, um senso comum de que a noite sempre é cem por cento perfeita foi levemente ferido no último domingo (26), dia do evento. Provando que mesmo uma premiação da dimensão do Oscar pode ter erros e gafes, os bastidores, responsáveis pelo curso normal de uma das noites mais tradicionais do mundo do cinema se desculparam publicamente em nome da academia e explicaram o erro. 

Detalhes de um erro histórico

Warren Beatty segura o Oscar de melhor filme sem saber para quem entregar...
Reprodução/Twitter
Warren Beatty segura o Oscar de melhor filme sem saber para quem entregar...

No momento do anúncio, não só o público presente na premiação como o de casa confundiu a demora de Warren para dizer quem teria vencido com uma brincadeira, quando na verdade o ator teria ficado confuso, já que o envelope fazia referência à categoria de Melhor Atriz . Faye, ao demonstrar inquietação em relação a suposta brincadeira feita pelo parceiro de palco, não hesitou e disse que “ La La Land ” era o longa vencedor.

Warren Beatty e Faye Dunaway, apresentadores responsáveis por anunciar o prêmio, de acordo com a PwC não tiveram culpa do anúncio errôneo, mas foram vítimas de uma troca de envelopes ocorrida antes do momento que revelaria o vencedor da categoria de Melhor Filme . "Os apresentadores receberam por engano o envelope da categoria errada e, quando o erro foi descoberto, foi imediatamente corrigido", declarou a auditora.

Depois de corrigir e se desculpar pelo erro com os apresentadores, a auditora responsável por conferir os votos das premiações do Oscar fez questão de se desculpar também e, principalmente, com o público e os representantes de “ Moonlight ”, filme vencedor. "Sinceramente pedimos desculpa a “Moonlight”, “ La La Land ”,' Warren Beatty, Faye Dunaway, e aos espectadores dos Óscares pelo erro que aconteceu durante o anúncio para Melhor Filme", disse a empresa em comunicado.

Leia também: Gafe durante a entrega do Oscar quebra a internet e gera memes

A categoria de Melhor Filme foi disputada no Oscar 2017 pelos títulos ” La La Land – Cantando Estações” (2016), de Damien Chazele, “ Moonlight : Sob a Luz do Luar” (2016), de Berry Jenkins, “Até o Último Homem” (2016), de Mel Gibson, “A Chegada” (2016), de Denis Villeneuve e “Manchester à Beira Mar” (2017), de Kenneth Lonergan.