Tamanho do texto

Apesar de números pífios, 8% dos indicados às cinco principais categorias do Oscar desde 1998 eram negros; Grammy é a premiação mais inclusiva

Depois de muita polêmica no ano passado, neste ano o Oscar terá pelo menos sete artistas negros concorrendo às cinco principais categorias da premiação neste domingo (26). O número é muito diferente dos dois anos anteriores, quando nenhum negro foi indicado aos troféus de melhor diretor, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante ou melhor atriz coadjuvante.

Leia mais: Relembre as maiores polêmicas da história do Oscar

Forest Whitaker venceu o Oscar de melhor ator em 2007 por
Divulgação
Forest Whitaker venceu o Oscar de melhor ator em 2007 por "O Último Rei da Escócia"

Entretanto, nos últimos 20 anos, o prêmio da Academia foi mais inclusivo do que o Globo de Ouro , seu principal concorrente: enquanto 8% dos indicados aos cinco principais prêmios do Oscar eram negros, só 7,2% dos concorrentes aos dez principais prêmios do evento da imprensa estrangeira de Hollywood eram negros.

Em números absolutos, o Globo de Ouro ainda tem mais negros concorrendo às principais categorias que o Academy Awards. Dos 1009 indicados aos mais importantes prêmios de TV e cinema, 73 eram negros. No prêmio da Academia, dos 500 indicados às cinco grandes categorias individuais, 40 eram negros.

Leia mais: Poético e sutil, “Moonlight” mostra tragédia surda de jovem negro e gay

Em relação aos vencedores, os números são mais próximos. Ao todo, 22 artistas negros levaram o Globo de Ouro nas dez principais categorias nos últimos 20 anos, 11% do total de 200 vencedores. Nos Academy Awards, a proporção ligeiramente maior: os nove vencedores representam 11,2% do total de 80 vitoriosos.

Em ambas premiações, algumas categorias não tiveram nenhum vencedor negro desde 1998. No Oscar, um negro nunca venceu o prêmio de melhor diretor. Barry Jenkins, de "Moonlight: Sob a Luz do Luar", pode mudar a escrita neste ano.

Halle Berry venceu o Oscar de melhor atriz em 2002 por
Reprodução/Facebook
Halle Berry venceu o Oscar de melhor atriz em 2002 por "A Última Ceia"

No Globo de Ouro, as mulheres negras do cinema não têm vez: nenhuma delas venceu os prêmios de melhor atriz em filme de drama ou melhor atriz em filme de comédia ou musical nos últimos 20 anos. Ao todo, oito negras foram indicadas às duas categorias, mas todas foram preteridas. Neste ano, Ruth Negga, de "Loving", perdeu o troféu de melhor atriz em filme de drama para a francesa Isabelle Huppert, de "Elle".

Ponto para o Grammy

Fora do circuito do cinema, o Grammy também entrou na polêmica do racismo. Na premiação deste ano, Beyoncé perdeu o título de álbum do ano para Adele e gerou muita controvérsia. Em anos recentes, as derrotas de Kendrick Lamar e da própria Beyoncé em 2013 corroboram a tese de que a Recording Academy privilegia os brancos.

Quando comparado aos prêmios de cinema, o Grammy é muito mais inclusivo. Dos 200 indicados aos prêmios de gravação do ano e álbum do ano nos últimos 20 anos, 67 deles eram negros, representando 33,5%. Entretanto, a história muda quando os vencedores são levados em conta. Artistas negros ganharam o troféu de gravação do ano apenas duas vezes, enquanto o de álbum do ano já foi conquistado por eles quatro vezes, o que representa 15% do total.

Leia mais: Desde o começo do século, quase 30 atores negros foram indicados ao Oscar

A última vez em que um artista negro levou o prêmio de álbum do ano foi em 2005, quando Ray Charles venceu o troféu com o álbum póstumo  Genius Loves Company . No ano passado, Bruno Mars e Mark Ronson ganharam a categoria de gravação do ano com  Uptown Funk .

Veja abaixo os vencedores das principais categorias do Oscar nos últimos 20 anos:

O Oscar 2017 acontece neste domingo (26). A cerimônia será transmitida ao vivo no Brasil no canal fechado TNT, a partir das 21h. A Globo exibirá uma reprise dos melhores momentos na segunda-feira (27), às 15h20.

    Leia tudo sobre: músicas