Tamanho do texto

Atriz é principal atração da estreia da nova temporada de "Sangue Latino", disponível a partir dessa quarta-feira (8) para assinantes do Canal Brasil

A atriz Fernanda Montenegro fez história com seu papel na novela
Divulgação
A atriz Fernanda Montenegro fez história com seu papel na novela "Babilônia".

Qualquer programa de entrevistas que se preze deveria começar uma nova temporada com Fernanda Montenegro. “Sangue Latino” , programa do Canal Brasil focado em grandes expoentes da cultura latino-americana, retorna para sua sétima temporada e o episódio de estreia, na TV no dia 15, mas no online já a partir desta quarta-feira (8), vem com Fernandona na comissão de frente.

Leia mais: Sessão Vitrine Petrobras dá ao público acesso ao cinema independente do País

Revelando uma vulnerabilidade que talvez apenas os mais íntimos tenham conhecimento, Fernanda Montenegro fala sobre o “misterioso e estranho” ofício da atuação, a paixão pelo teatro e a perspectiva da finitude. “Tenho pena de morrer”, admite ao apresentador Eric Nepomuceno . O jornalista e escritor retorna ao comando do programa e desafia seus entrevistados e olharem para dentro de si de maneira irrestrita.

Leia mais: André Whoong comemora novo álbum e momento da música brasileira

A atriz Fernanda Montenegro e o apresentador do
Divulgação
A atriz Fernanda Montenegro e o apresentador do "Sangue Latino" Eric Nepomuceno

A grande dama da cultura brasileira não se apequena diante do interposto. “Sou a minha memória. Tenho medo de perdê-la”, observou quando indagada se tinha medo de morrer. Para a mulher que foi a primeira atriz brasileira indicada ao Oscar por um filme brasileiro, a perda da memória representaria o fim da existência ainda em vida. "Eu funciono na sociedade. Estou aqui dando essa entrevista, na minha casa... É um momento bonito”.

O papo com a mãe de Fernanda Torres puxa uma generosa fila de artistas brasileiros e colombianos que serão entrevistados ao longo da temporada. Gregorio Duvivier, Luiz Carlos Barreto, Carmen Molina, Luís Ospina, César López, Sergio Cabrera, Juan Manuel Echavarría, Armando Freitas Filho e Juan Gabriel Vásquez serão arguidos com o misto de solenidade e intimidade que Nepomuceno e o preto e branco, entremeado por planos da natureza, aferem à série.

Leia mais: Garota de programa transforma a vida do protagonista de “Amor de Puta”

Assista a um trecho exclusivo do programa


Disponível para assinantes a partir desta quarta (8), o primeiro episódio da nova temporada será agrupado em uma pasta especial com destaques de edições passadas. Entre elas Ricardo Darín, Fito Paez, Hugo Carvana, Cecilia Roth, Eduardo Coutinho e Leonardo Padura.

“Ser ator é não se contentar consigo mesmo”, dispara Fernanda Montenegro em um papo que parece tão confessional quanto filosófico. Esse primeiro episódio, tão absoluto em si mesmo, representa o início de temporada perfeito e estabelece o parâmetro para uma temporada potencialmente acima da média de um programa, ele próprio sem par.