Roger Chedid lança livro com reflexões
Divulgação
Roger Chedid lança livro com reflexões


Roger Chedid é um reconhecido atleta brasileiro, campeão Sul-Americano de saltos ornamentais e mestre em Defesa Pessoal, além de, nos anos de 1990, ter se empenhado arduamente para fazer com que o Kenpo Havaiano se tornasse uma realidade no Brasil.

Em “Meus últimos 45 dias” (Ed. Trilha Educacional), Roger relembra o acidente que sofreu em 1995 durante uma apresentação que o deixou com o pescoço quebrado. O atleta conviveu com essa fratura por 17 anos (sem saber) até que recebeu a notícia que em 45 dias precisaria fazer uma cirurgia de alto risco que poderia o deixar tetraplégico, ou até o levar a morte.


O mais assustador dessa história é que Roger não sabia da fratura e só foi descobri-la em 2012, após realizar alguns exames, quando então o comunicaram da arriscada cirurgia. O atleta, inclusive, estava seguindo sua vida normalmente, que configurava um risco e tanto.

Você viu?

O livro relata justamente esses 45 dias que antecederam essa decisiva cirurgia. Roger Chedid escreveu reflexões sobre a transformação que sua vida teve e de como ele passou a encarar a vida a partir dali.

“Todos os problemas que eu enfrentei só ajudaram a me fortalecer. Cresci muito vivendo tudo disso e, por isso, resolvi escrever esse livro na esperança de que ele pudesse levar o leitor a refletir e a crescer também”, finaliza Roger Chedid.

Ouvir (ou, no caso, ler) histórias inspiradoras serve de combustível para mostrar que não importa o quão fundos estejamos, jamais devemos perder a esperança de dar a volta por cima e fazer da dificuldade uma nova oportunidade de crescimento.

Para sugestões e pautas: [email protected]

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários