Mario Frias
Reprodução/Instagram
Mario Frias


No ar em dose dupla com os personagens Jonas Macedo, de "A Vida da Gente"; e Téo Pereira, de "Império", ambas reprisadas na Globo,  Paulo Betti foi um dos que se indignaram com o  incêndio em um galpão da Cinemateca, em São Paulo, no último dia 29. Não à toa, postou um vídeo nas redes sociais e ajudou a subir a hashtag #MarioFriasNaCadeia, solicitando a responsabilização do ex-colega de emissora pela negligência à conservação da cultura brasileira.


Contudo, ao compartilhar uma matéria do site "Metrópoles" que diz que artistas levantam campanha pedindo a sua punição, o sucessor de Regina Duarte acrescentou: "Ah, lembrei, os 10% de pessoas da elite sindical que ficaram com 78% dos R$ 13 bilhões de reais da Rouanet. Já sei, há muito tempo que vocês querem se livrar de mim".  Antes disso, porém, o político chegou a colocar a culpa da tragédia no Partido dos Trabalhadores. "Herança maldita do petismo", pronunciou-se via Twitter.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários