Amanda Klein e Rodrigo Constantino
Reprodução/Instagram
Amanda Klein e Rodrigo Constantino


Pelo visto, o economista e escritor Rodrigo Constantino, que se autointitula um liberal com viés conservador contra extremistas de todos os lados, ainda não engoliu as declarações que  Amanda Klein usou para justificar a sua saída do time do "3 em 1", da rádio Jovem Pan, no último dia 7. 

Ao compartilhar uma entrevista da então colega de trabalho, concedida ao site UOL , na qual afirma ter sofrido afrontas e assédio ao vivo,  Constantino acrescentou: "Que venha o mimimi e a inversão dos fatos", dando a entender já estar acostumado com esses desdobramentos.


Você viu?

Depois, durante interação com usuários do Twitter, reforçou: "O grau de canalhice é tanto que diz que eu falava até do seu marido, mas, no dia em que fiz a brincadeira de que ele deveria ter ciúmes do Bolsonaro, de tanto que ela tocava no nome dele, achou graça e disse que ficou mais leve o programa. Agora vem com essa, esquerdistas".




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários