Gutto Soares
Divulgação
Gutto Soares


Agora, mais do que nunca,  Gutto Soares, dono dos hits "Coração no 150", feat com Dynho Alves e MC Mirella, e "Gabriela", consegue compreender certas declarações, como "acho que nós, músicos, salvamos mais vidas do que [...] psiquiatra" e "canção qualquer um faz. O poder de que te escutem é outra coisa", ditas pelo reguetonero colombiano J Balvin durante entrevista ao jornal espanhol "El País".

É que o cantor foi surpreendido com o relato de uma moça de 25 anos, estudante de Farmácia, mãe de um "príncipe" e com o nome igual ao de seu hit autoral. Ao recorrer às redes sociais para homenageá-lo, confidenciou que enfrentava problemas emocionais ligados à ansiedade e à depressão, principalmente devido à mudança brusca de rotina que o surto de coronavírus causa à população.

Ao mencionar que ele apareceu sem bater à porta e em uma ocasião que se sentia muito para baixo e sem motivos para sorrir, revelou, na sequência, ter parado em uma das lives, "meio sem querer e em um dia qualquer, mas no exato momento em que estava tocando 'Gabriela'". "Automaticamente dei um sorriso e pensei: 'Esse menino tem algo em comum comigo'", manifestou-se.

Gutto Soares e MC Mirella dividem os vocais em
Divulgação
Gutto Soares e MC Mirella dividem os vocais em "Coração no 150"


Você viu?

Em outro trecho, porém, destacou que os vídeos do  artista mineiro têm o "efeito" similar ao de um calmante e tornam o seu cotidiano mais colorido: "Hoje já faz um ano que você chegou e ficou! Toda tristeza se transformou em alegria e orgulho por cada passo que dá. Estou aqui escrevendo, mas quase chorando de felicidade por ser o motivo de eu não desistir e continuar firme e forte".

Por fim, declarou não ver a hora de a pandemia passar para ir a um show e conhecê-lo, prometendo seguir "mesmo que de longe, torcendo, vibrando, amando e fazendo de tudo para vê-lo brilhar". Mais do que isso: contando as horas para o encontro: "Tenho certeza de que, vindo de ti, será lindo". Após as reações iniciais de surpresa,  Gutto concluiu que é uma honra atender a esse chamado musical que traz a diferença para o viver de outras pessoas.


Vale ressaltar que a música é reconhecida por muitos pesquisadores como uma modalidade que desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio, proporciona um estado agradável de bem-estar e facilita a concentração e o desenvolvimento do raciocínio, em especial, em questões reflexivas voltadas para o pensamento.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários