Camilla Camargo
R+R/Divulgação
Camilla Camargo


A atriz Camilla Camargo, que teve um dos papéis centrais no longa-metragem "Travessia", de 2015, com roteiro e direção de João Gabriel, como a jovem Marina, não cabe em si de tanta felicidade. Um dos motivos é o fato de o título estar disponível para os assinantes do Amazon Prime Video.

"Todos que puderem, prestigiem. É profundo e tem elenco de peso, a começar pelo Chico Diaz e Cyria Coentro, dois dos maiores atores do Brasil!", disse, antes de reforçar que era a sua dica para momentos de lazer na quarentena, mas só para quem tivesse mais de dezesseis, "já que essa é a classificação etária".

Depois, confidenciou que, desde que leu a sinopse, ficou encantada com a história e a possibilidade de mostrar uma personagem que é dessemelhante de suas atuações anteriores. "Marina foi uma oportunidade de ouro, densa, cheia de nuances, que começa totalmente solar e, no decorrer, vai se complicando conforme ficam maiores o envolvimento com as drogas e a proximidade com o namorado, que é traficante, interpretado por Caio Castro".

Ainda sobre cinema, a filha de Zilu e Zezé Di Camargo, que respira arte de diferentes maneiras, tem outra participação garantida. Trata-se de "Intervenção", do mesmo roteirista de "Tropa de Elite". No thriller, dirigido por Caio Cobra e protagonizado por Marcos Palmeiras e Bianca Comparato, que aborda os bastidores das UPPs e o conflito das políticas públicas na área de segurança, será a repórter Luiza Bastos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários