Paulinho da Viola
Reprodução/Instagram
Paulinho da Viola

Nesta quinta-feira (1),  Paulinho da Viola acrescentou mais uma data no cartão de vacinação e fez questão de agradecer "àqueles que trabalham incessantemente para nos dar esperança, às equipes de saúde, ao SUS, ao Instituto Butantan e à Fiocruz". A mensagem do cantor e compositor foi publicada em sua conta oficial do Twitter.

"Graças aos profissionais comprometidos em salvar nossas vidas, ela chegou a tempo para mim, mas, infelizmente, não para muitos outros", escreveu ele, evidenciando uma dualidade de sentimentos, com alegria pela segunda dose, mas tristeza pelas mais de 300 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Em outro momento, o autor de "Coração Leviano" e "Foi Um Rio que Passou em Minha Vida" elencou algumas medidas de prevenção, como o distanciamento social, para "baixar a curva" de contaminação: "Usar máscaras, evitar aglomerações, lavar as mãos e seguir as recomendações. Não há tratamento precoce reconhecido para essa doença", manifestou-se.

Não demorou para que os seguidores interagissem. "Minha avó partiu por esse vírus maldito, mas uma das maiores riquezas que ela me deixou foi amar Paulinho da Viola e sua música. Escutávamos juntas!", recordou uma. "Que felicidade te ver vacinado e em segurança agora. O samba de primeira agradece, e nós que o amamos também", reforçou outra. Já a terceira comemorou: "Notícia boa, poeta!". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários