Kamila Simioni e Pétala Barreiros
Reprodução/Instagram
Kamila Simioni e Pétala Barreiros


À frente de uma rede de salão de beleza que leva seu nome, Kamila Simioni — que, vira e mexe, é lembrada por conta do affair que teve com Tony Salles, vocalista da banda Parangolé, quando a ex-dançarina do É o Tchan ficou confinada na sexta edição do reality show "A Fazenda", da RecordTV — está sendo apontada na internet como uma pessoa que não domina o conceito da sororidade.

O rótulo veio a partir do momento em que usou o recurso "question sticker" dos Stories do Instagram para responder a algumas perguntas — muitas delas, aliás, referentes a um dos assuntos que estão atualmente em pauta —  sobre a influencer Pétala Barreiros, o dono do VillaMix Festival Marcos Araújo e a apresentadora Lívia Andrade. A partir daí, a empresária mineira não deixou de dizer o que pensa.

Kamila Simioni repercute polêmica com seguidores no Instagram
Reprodução
Kamila Simioni repercute polêmica com seguidores no Instagram


Só para se ter ideia, em uma ocasião, a moça havia se desentendido com Jojo Todynho pelas redes sociais; em outra, afirmou ter sido maltratada por Luciana Gimenez durante sua participação no programa "Superpop", da RedeTV!, em 2014. Dessa vez, declarou que as influenciadoras, que estão apoiando a ex do empresário de Alok, Gusttavo Lima e outros famosos, são as que querem aparecer.

"Modismo da época. Ali está muito claro e nítido o que realmente está acontecendo", disse, deixando alguma coisa subentendida no ar. Depois, ao ler "aquela Pétala já está insuportável, se faz de vítima demais, e o povo ainda passa pano", respondeu: "Nojo define". Entretanto, para quem ressaltou "acho que você tem o mesmo pensamento que o da Lívia", Simioni publicou vários emojis de palminhas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários