emilia pedersen
Divulgação
Emilia Pedersen

Mesmo com as limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus, Emilia Pedersen é a prova de que 2020 não foi de todo ruim. Isso porque foi o ano em que a dinamarquesa, com DNA brasileiro, compôs algumas faixas, projetou-se como cantora, lançou os singles "Skyline" e "Missing Myself", figurou entre as "10 mais tocadas" na categoria pop internacional e caiu nas graças de David Brazil, Hugo Gloss, Mel Maia, entre outros famosos.

emilia pedersen família
Divulgação
Em clima natalino, Emilia Pedersen posa ao lado da família

Entretanto, ao revelar seu fascínio por decorar a casa nesta época e perguntar para seus seguidores sobre a lista de desejos deles, a também atriz, modelo e influencer, radicada em Nova York, nos Estados Unidos, disse ter descoberto a lembrança mais linda que um pode dar para o outro no dia 25 de dezembro. "Se fazer presente e lembrar que logo, logo tudo melhora. E que, no ano que vem, quando chegar o Natal de novo, todo mundo vai estar mais forte".

A artista ainda aproveitou para divulgar as imagens de um ensaio superespecial. Em uma delas, aparece ao lado da mãe, do pai, do irmão e da mascote dos Pedersen, a yorkshire Tiffany. Todos vestindo pijamas iguais, uma das tradições natalinas americanas. De quebra, desejou por meio do Instagram: "Merry Christmas and happy holidays from my family to yours", que, em português, quer dizer: "Feliz Natal e boas festas da minha família para a sua".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários