Marcus Montenegro
Divulgação/Edu Rodrigues
Marcus Montenegro


Ser artista e ter uma carreira consolidada é o sonho de milhares de pessoas. E só quem já trabalhou com as maiores personalidades da TV e do teatro pode falar com propriedade sobre o assunto. Foi pensando nisso que o empresário Marcus Montenegro, que está à frente da Montenegro Talents, uma das maiores empresas de agenciamento artístico do Brasil, escreveu "Ser Artista — Guia Para Uma Carreira Sólida no Mundo da Atuação", ao lado do jornalista Arnaldo Bloch. O livro, publicado pela Editora HarperCollins, tem prefácio escrito por Nathalia Timberg — endossado por Irene Ravache — e posfácio de Caco Ciocler.

A obra reúne depoimentos de nomes, como Miguel Falabella, Ana Botafogo e Zezé Motta, e traz orientações para quem quer focar a indústria do entretenimento, ressaltando a diferença entre uma celebridade com milhões de seguidores e um profissional admirado pelo talento e por sua arte. Outro tema abordado? A voz! Dialogando sobre suas atividades, experiências e percepções, ele dá dicas superinteressantes para ter uma boa dicção e ainda controlar o sotaque e a respiração, complementando-as  com sugestões de como se produzir e posar para fotos, porta de entrada para quem está dando os primeiros passos na profissão.


Fazer o bem sem olhar a quem!

Helga Nemetik
Divulgação
Helga Nemetik


Neste sábado (14), a partir das 19h, o Rotary Club Santos Boqueirão, em Santos, no litoral de São Paulo, servirá de cenário para a primeira live musical solidária de Helga Nemetik, batizada de "Ato de Amor", com arrecadações para o Lar Espírita Mensageiros da Luz e transmissão pelo canal que ela mantém no YouTube. Sob a direção musical de Jether Garotti Jr. e apresentação de Ricardo Horliana, a atriz e cantora — que participou da terceira temporada do "PoPstar", reality show musical da Globo — deve interpretar aproximadamente vinte canções, entre elas, "Como É Grande o Meu Amor por Você", "My Heart Will Go On", "É Isso Aí" e "Set Fire To The Rain". Por fim, mas não menos importante, o evento virtual será aberto, e as doações, livres.


Emendando trabalhos

Hugo Carvalho
Divulgação/Oseias Barbosa
Hugo Carvalho


Após algumas participações especiais, Hugo Carvalho fará seu primeiro papel na TV aberta em "Gênesis", próxima trama bíblica da RecordTV, que conta a saga da Torre de Babel e tem estreia prometida para janeiro. Ele viverá Pelegue, um jovem simples que dividirá a cena com Pablo Morais e entrará na terceira fase da história. Engana-se, porém, quem pensa que as novidades param por aí. O brasiliense de 31 anos, que mora no Rio de Janeiro há oito e começou a se apaixonar pelo ofício em 2008, também se prepara para estrear no cinema como protagonista. Trata-se do filme "Pra Onde Levam as Ondas", dirigido e roteirizado por Dan Albuk. Ah, e questionado sobre como tem se segurado neste recolhimento e o que faz quando não está gravando, Hugo respondeu que tem aproveitado o tempo livre para ler, malhar e fazer cursos on-line.


Mil e uma utilidades

Amanda Françozo e Rafael Cortez
Divulgação
Amanda Françozo e Rafael Cortez


O "De Papo com Amanda Françozo" desta quarta-feira (11) recebeu Rafael Cortez, que ganhou destaque nacional após integrar o elenco do extinto "CQC", da Band. Durante a conversa, o multitalentoso falou sobre DNA, carreira e projetos, entre outros assuntos. "Eu venho de uma família materna muito influenciada por artistas. Tenho um tio pintor, o meu bisavô era pintor, e a minha tia é atriz. Já do lado paterno, tinha uma figura muito forte, que era Raul Cortez. Era o grande ator dos 'Cortezes' e, ainda hoje, é o grande Cortez", ressaltou. Rafael também discorreu sobre outra aptidão importante. "Se hoje tivesse que escolher entre comédia, apresentação e música, escolheria música, porque ela ainda não me possibilitou as oportunidades que a TV, a internet e a comédia me possibilitaram", disse, tocando e cantando "Samba da Bênção" e "Um Abraço", que é de sua autoria.


Convidados especiais

Gretchen e Esdras de Souza
Reprodução/Instagram
Gretchen e Esdras de Souza


Os recém-casados Gretchen e Esdras de Souza foram vistos no maior clima de romance na Churrascaria Prazeres da Carne, na Vila Mariana, na zona sul de São Paulo. Por lá, o saxofonista, que tatuou a imagem da artista em um dos braços, provou os drinks e o tradicional churrasco gaúcho, e ainda divertiu os fãs tentando fazer stories. Isso porque ele se atrapalhou entre as publicações na ferramenta do Instagram e levou a rainha do bumbum à gargalhada. "Ela ri de tudo o que eu faço", disse, brincando na rede social. Para finalizar, a visita continuou rendendo. Um exemplo disso é que o restaurante publicou um post e não economizou elogios. Pelo contrário! "Rainha que chama, né? Maravilhosa. Onde ela chega, encanta! Gretchen, você é um show de humildade. Nossa admiração e gratidão! Sejam sempre bem-vindos." Como não amar?


Alô, papais!

Melissa Biscoto
Divulgação
Melissa Biscoto


Personal shopper queridinha de muitas celebs, Melissa Biscoto, que faz assessoria presencial e a distância, falou com a Coluna Marcelo Bandeira, hospedada no iG Gente, a respeito do tema "O que comprar para o enxoval do meu bebê a partir do seu sexto mês de vida?". A dúvida surgiu por aqui, após uma famosa, mãe de primeira viagem, usar o recurso question sticker — que permite aos usuários do Instagram se comunicarem diretamente por intermédio de perguntas e respostas — para lançar a dúvida no ar. 

Para começar, ela se lembrou de itens que aliviam o desconforto causado pelo nascimento dos primeiros dentinhos, como massageadores e mordedores. Depois, citou os brinquedos que emitem som e têm texturas diferentes. "O bebê vai adorar apertar uma bola de plástico macia, passar a mão por texturas, ouvir um barulho de sininho dentro de um bicho de pelúcia ou babar em um mordedor gelado", revelou. Logo em seguida, listou peças do vestuário, como "sapatinhos com sola de borracha ou aderente, pois ele começa a ensaiar os primeiros passinhos", e "joelheira, para auxiliá-lo a engatinhar sem o risco de machucar o joelho".

Outro detalhe importante é que, aos seis meses, a criança enxerga e ouve quase tão bem quanto os adultos. Por isso, Mel fez questão de citar os livros infantis: "A leitura em voz alta passa a ter mais valor agora, já que o bebê vai gostar de olhar para imagens de cores vivas e de se acomodar em seu colo. É nesse período que indicamos a compra de livros, pois trata-se de um momento prazeroso, de aconchego e de socialização para pais e filhos". E aí, curtiram? 

    Veja Também

      Mostrar mais