Linn da Quebrada rebate Luciana Gimenez
Reprodução
Linn da Quebrada rebate Luciana Gimenez

Após Luciana Gimenez fazer uma brincadeira de mal gosto durante o podcast Flow sobre uma convidava transexual que participou do seu programa, Linn da Quebrada rebateu a fala preconceituoso da apresentadora."Mas eu continuo FURIOSA com seu forte trabalho em monitorar e manter as violências a trans e travestis. Me poupe, né?", escreveu em seu perfil no Twitter. 

No tweet, Lina compartilhava um vídeo da apresentadora no podcast, no qual ela dava risada de um episódio que ocorreu com uma convidada transexual que participou do seu programa na RedeTV!: "Eu levei uma… era uma mulher trans, né? E ela começou a brigar comigo ao vivo (...) Aí eu fiz a célebre pergunta: Mas cê tá brava?".

"Não sei se ela tava, poderia né?! Vocês realmente não se davam conta ou sempre foram sádicos?! Tu e a televisão brasileira neh?! E o complexo de comunicação que simplifica e precariza nossas vidas", rebateu a ex-BBB.

Lina ainda aproveitou para criticar a postura de outros apresentadores brasileiros em relação a comunidade LGBTQIA+: "Vc, Luciana, a Patrícia Poeta, o Faustão, Silvio, datena, Regina C., Marília Gabriela , vocês não sentem que têm uma grande parcela na fabricação dessas violências que se perpetuam e naturalizam?? Esses são só alguns... infelizmente". 

Um internauta relembrou um episódio em que Silvio Santos acolheu a comunidade trans, mas a ex-BBB ressaltou que é o mesmo apresentador que debochou e constrangeu Roberta Close.

"Ele como tantos outros  meios de comunicação que devem desculpas pelo desserviço e pela contribuição assídua em desumanizar e, atuar com tanto gosto na manutenção da violência e da dor", completou. 

"Acredito e sinto que é necessário que não só ele, mas tantos profissionais da comunicação, perceba o esforço sistemático na criação de um imaginário social, em rede nacional, que trabalhou muito bem para que rissem diante do espetáculo traumático de nos ferir e desumanizar enquanto riam", finalizou. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários