Manoel Soares segurou bandeja enquanto Patrícia Poeta
Reprodução/Globo
Manoel Soares segurou bandeja enquanto Patrícia Poeta "brilhava" no Encontro


Triste. Esta é a palavra que define a estreia da nova fase do Encontro. Triste porque a Globo nitidamente rebaixou Manoel Soares para colocar todos os holofotes em direção a Patrícia Poeta. De apresentador, ele virou assistente de palco. Foi escanteado, atravessado e interrompido diversas vezes pela nova titular. E para piorar, protagonizou uma das cenas mais constrangedoras que poderíamos ver: segurou uma bandeja de salgados enquanto a substituta de Fátima Bernardes era "homenagada" no final do programa.


Patrícia abriu o programa sozinha, dando ênfase a si mesma e marcando seu território. "Estou muito feliz de poder conversar com você que está em casa, de passar a minha mensagem para você que está em casa", começou. "Espero que você aí de casa curta a minha companhia, porque eu já amo a sua tem muito tempo, só uns 25 anos".

Em seguida, em vez de anunciar Manoel, puxou conversa com o cantor Péricles, convidado de sua estreia oficial. E só depois de quase 3 minutos de início de programa o segundo apresentador foi introduzido. E ele não foi posicionado ao lado de Patrícia e ficou condicionado à plateia pelos primeiros 20 minutos de Encontro.

Em sua primeira fala, Manoel quis enfatizar seu papel no matinal, mas Patrícia o atravessou e fez questão de frisar que o programa é dela e que o colega não passa de um colaborador. Foi constrangedor. Veja o que foi dito:

Manoel: É um prazer muito grande estar com você, esse momento que vamos viver juntos a partir de agora vai fazer muita diferença nas nossas vidas. O que é relevante para você, vai estar aqui na nossa supermanhã da Globo. Então fica com a gente, porque esse Encontro é nosso, né Patrícia?
Patrícia: É isso aí! Vou contar com você! Fátima Bernardes durante dez anos contou com grandes parceiros, e eu vou contar muito com você, parceiro. Você já é de casa.

Em sua primeira grande participação, Manoel falava sobre desemprego e entrevistou uma moça da plateia. Patrícia atravessou a conversa e encerrou o bate-papo. No segundo bloco, quando Manoel foi para a galera falar sobre Pantanal, novamente a substituta de Fátima o atravessou por algumas vezes.

Houve um enorme distanciamento físico entre os dois durante quase todo o programa. Até mesmo no momento em que Tati Machado ocupou o sofá de convidados para falar sobre os desdobramentos da novela das nove, Patrícia e Manoel estavam posicionados em poltronas ao lado, e apareciam juntos na câmera. Mas a nova titular até se esquivou do parceiro e decidiu se juntar a Tati, anulando completamente Manoel da conversa.

No final da primeira edição, Ana Maria Braga surgiu no telão para uma interação com Patrícia e Manoel, e mandou entregar no estúdio as famosas coxinhas e pães de queijo feitos por sua equipe no Mais Você.

A produção deixou nas mãos de Patrícia um enorme buquê de flores, e com Manoel uma bandeja de quitutes. Neste momento, a pedido da direção de palco, a plateia começou a gritar somente o nome de Patrícia Poeta, ignorando Manoel na ovação.

É triste ver o direcionamento que foi dado neste caso. Manoel tinha liberdade no É de Casa e também quando era convocado para substituir Fátima juntamente com Patrícia no Encontro. Sempre foi colocado como um apresentador, não como auxiliar. Agora ele terá espaço somente quando sua colega liberar --ou quando tiver que segurar bandejas ao lado da "nova estrela" das manhãs da Globo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários