Tayara Andreza afirma que teve que parar o show por não falar com prefeito
Reprodução/Instagram
Tayara Andreza afirma que teve que parar o show por não falar com prefeito

A cantora de brega Tayara Andreza revelou nas redes sociais que seu show precisou ser interrompido em Tracunhaém, no Pernambuco, neste sábado (2), porque não mandou um "alô" para o prefeito da cidade e que, depois da apresentação, sua equipe foi agredida com spray de pimenta. "Que eu saiba, eu fui contratada para cantar e não para ficar mandando 'alô'", disse. 

"Foram para cima dos meus músicos, para bater nos meus músicos. Toraram a credencial dos meninos, foram para cima, a polícia teve que vir. Botaram spray de pimenta. A polícia não, o pessoal lá colocou spray de pimenta. Um inferno, xingando", comentou no Instagram. 

Tayara ainda revelou que foi impedida de ficar no camarim e que não conseguiu tirar foto com ninguém: "Tive que sair sem tirar foto com ninguém, entendeu? Porque encheram de spray de pimenta. Na rua, era impossível atender o público. Uma falta de respeito comigo, com o artista, com meus músicos, com meus fãs, esse prefeito de Tracunhaém". 

Já nesta segunda-feira (4), o prefeito pediu desculpas públicas à Tayara e afirmou que afastou Pedro Júnior da Silva Prado, secretário de Turismo e Cultura da cidade, que seria o responsável por ter iniciado a confusão. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários