Stênio Garcia deverá atuar em Travessia, nova novela de Gloria Perez
Divulgação/Globo
Stênio Garcia deverá atuar em Travessia, nova novela de Gloria Perez


Se nada mudar nos próximos meses, Stênio Garcia voltará à Globo dois anos após sua demissão. Ele foi um dos primeiros medalhões da dramaturgia a serem cortados do time fixo de atores da emissora, em março de 2020. O desligamento foi tão tumultuado que ele chegou a dizer que era boicotado por sua antiga chefia.


Gloria Perez já enviou à direção artística os nomes que ela quer em Travessia, novela que substituirá Pantanal no horário nobre. Além de pedir Chay Suede, Lucy Ramos e Romulo Estrela para os papéis centrais, ela resgatará alguns dos atores que sempre ganham destaques entre os secundários. E Stênio Garcia será um deles.

Entre os nomes escolhidos para compor o elenco estão Giovanna Antonelli, Alexandre Nero e Humberto Martins. Juliana Paiva, que se destacou em A Força do Querer (2017), também está no elenco, assim como Mônica Martelli, que atuará pela primeira vez em uma novela de Gloria Perez.

Saída conturbada

Quando Stênio Garcia foi demitido da Globo, sua mulher, a atriz Marilene Saade, deu diversas entrevistas para falar das dificuldades financeiras que estavam passando por conta do fim do salário do marido.

Ela citou que precisaria fazer cortes drásticos nas despesas da casa, e também acabou revelando que Stênio havia feito péssimos investimentos para faturamentos paralelos, como a compra de salas comerciais que só lhe traziam prejuízos.

No mesmo ano em que foi demitido, ele concedeu uma entrevista à Record na qual acusou Silvio de Abreu, antigo diretor do núcleo de dramaturgia da Globo, de persegui-lo. O motivo teria sido o fim do casamento de Garcia com Cleyde Yáconis (1923-2013), que ele classificou como um término trágico. Desde então, o autor de novelas, que hoje está na HBO Max, passou a implicar com ele.

"Eu me separei da Cleyde de uma maneira muito cruel, até do ponto de vista dele. Depois eu conversei, acabei ficando amigo dela", disse ao Domingo Espetacular. O perdão, no entanto, só foi aceito pela atriz e não por Abreu. "Ele teve uma implicância comigo."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários