Alinne Prado percebeu que foi abusada na infância muitos anos após o crime
Reprodução/Youtube
Alinne Prado percebeu que foi abusada na infância muitos anos após o crime


Em entrevista para o programa Achismos no canal do YouTube do Maurício Meirelles, a apresentadora Alinne Prado confessou que namorou um traficante, aos 13 anos, no Morro do Dendê, na Ilha do Governador (RJ). O ex-namorado, que na época tinha 27 anos, abusou sexualmente da jornalista.


Segundo a apresentadora, ele foi o primeiro homem que olhou para ela, então acreditou que ele estava apaixonado. "Eu perdi a minha virgindade sofrendo abuso sexual desse traficante… foi horrível! Demorei muito anos para me curar disso", relata.

Sem ser vista como símbolo de beleza na escola, por ser uma mulher preta, sofria racismo na escola, era chamada de macaca Chita, exemplifica ao entrevistador e confessa que só entendeu que sofreu abuso sexual um tempo depois. Além disso, Alinne conta como foi o seu processo de cura, que, segundo ela, começou quando apresentava o Vídeo Show, na Globo.

Leia Também

Mas, ao ser desligada da emissora, sofreu mais um episódio de racismo. Por telefone, ouviu que precisavam de alguém mais "neutro", que tinha um preço em ser Alinne Prado, devido ao seu cabelo.

Após esse acontecimento, a apresentadora entrou em depressão profunda e afirma que não foi abraçada pela comunidade negra, por ter feições finas, e nem pela favela. Alinne não entendia a que lugar pertencia.



*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários