Vyni Fernandes foi vítima das maiores maldições dos paredões desta temporada
Reprodução/Globo
Vyni Fernandes foi vítima das maiores maldições dos paredões desta temporada


A eliminação de Vyni Fernandes do BBB22 já era esperada pelo público desde o momento em que seu nome foi confirmado no paredão, mas alguns (como eu, confesso) ainda acreditavam na possibilidade do bacharel em Direito reagir em suas últimas 48 horas e fazer o público mudar de ideia. Mas não teve jeito e ele acabou vítima das duas maiores maldições da temporada: a cor rosa e o "carinho" de Eslovênia Marques.


Vyni recebeu 55,87% dos votos do público no paredão contra Gustavo Marsengo, que teve 39,51%. Pedro Scooby não passou nem perto de correr riscos e contabilizou apenas 4,62%.

Neste ano, Bárbara Heck e Brunna Gonçalves também vestiram rosa nas noites de suas eliminações. A cor segue um estigma de "maligna" desde o BBB20. Mas Eslô também tem pintado como um "mau agouro" aos parceiros no reality show.

Todos os integrantes do Lollipop sentaram no sofá ao lado da modelo no dia do paredão. Com a maior parte deles, Eslovênia estava de mãos dadas. Jade Picon, Larissa Tomásia, Brunna Gonçalves e Bárbara Heck ficaram grudadas com a Miss e caíram fora da disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários