Boninho reservou grande grupo de anônimos para entrar na Pipoca do BBB22
Divulgação/Globo
Boninho reservou grande grupo de anônimos para entrar na Pipoca do BBB22


O BBB22 já tem todo seu elenco fechado e não há mais vagas para famosos na casa mais vigiada do Brasil. Mesmo assim, subcelebridades desesperadas por holofotes seguem empenhadas em tentar enganar seus seguidores e a imprensa para conseguir uma notinha em alguma coluna ou até mesmo ter seu nome citado em perfis de fofoca nas redes sociais para ganhar seguidores.


Tem gente que tá chegando agora nesse mundo da fama, mas este colunista que vos escreve é experiente em identificar gente desesperada desde a primeira temporada de A Fazenda. Portanto, o faro para detectar farsantes é bem treinado.

Eu e diversos colegas temos sido bombardeados por assessores de imprensa tentando emplacar que seus clientes sumiram das redes sociais, somente para dar a impressão de que estejam na lista de J.B. de Oliveira, o Boninho .

E a criatividade de alguns impressiona. O roteiro começa com o desaparecimento da pseudocelebridade do Instagram, passando para as publicações de fotos repetidas nos Stories, vídeos fazendo as malas e até mesmo posts de chegada ao Rio de Janeiro exatamente no dia em que o pré-confinamento foi iniciado.

Leia Também

O mais alarmante disso é a assessoria de imprensa notificando isso, forçando a situação para induzir ao erro e dar visibilidade ao cliente desesperado. 

Um personagem em especial chama a atenção: um modelo tentou ser machete de sites pelo simples fato de ter começado a seguir Pedro Scooby e Naiara Azevedo, como se isso fosse um sinal de que ele estaria no elenco do BBB22.

O e-mail que chegou hoje por sua assessoria é ainda mais especial: usou uma publicação de Boninho sobre uma suposta reprovação no elenco por não ter passado no "teste do sofá" para entrar no BBB22 e fez uma livre associação ao nome do rapaz, tentando plantar mais uma notícia falsa. Triste demais.

Outro exemplo: a coluna foi procurada recentemente pelo empresário de uma subcelebridade querendo emplacar notícias falsas sobre a ida de sua cliente ao BBB22. O enredo construído era fantástico e incluía até mesmo pacote de fotos com flagras de sua chegada ao hotel Hilton, na Barra da Tijuca, onde os selecionados são confinados antes da estreia.

Conversei com alguns colegas jornalistas sobre essas situações e muitos confirmaram que também receberam esse tipo de assédio. Não consigo entender esse nível de desespero pela fama.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários