Fiuk foi apresentador da MTV por poucos meses em 2013
Reprodução/TV Globo
Fiuk foi apresentador da MTV por poucos meses em 2013


A entrevista caótica de Fiuk a Tatá Werneck no Lady Night fez a web resgatar o desabafo da roteirista Mhel Marrer, que trabalho com o filho de Fábio Jr. em 2013, quando ele apresentou por seis meses o programa Coletivation. Bastante conhecida e respeitada no meio da comédia, ela classificou a experiência com ele como traumática e ainda o xingou de "escroto" e "lixo".


Mhel foi entrevistada pelo podcast Vênus em fevereiro, quando Fiuk mostrava seu lado nada simpático dentro do BBB21, mas o trecho da conversa em que fala sobre sua experiência com o cantor voltou a circular no TikTok nesta semana por conta do show de estrelismo que ele deu nos bastidores do Multishow.

Ela lembrou que Fiuk simplesmente detonava o trabalho dela e ainda fez uma articulação nos bastidores para que ele se tornasse o apresentador principal do extinto programa da MTV e colocasse Patrick Maia, que era o real titular da atração, como uma espécie de assistente de palco para ele.

"Patrick é um comediante incrível. O programa era ele. Ele era o apresentador do programa. E de repente disseram pra ele que teria um parceiro, e que seria o Fiuk. Era um mala. O que ele fez? Ele não aceitava piada. Então a gente tentou fazer a porra de um monólogo para ele onde zoava minimamente que ele era filho do Fábio Jr. E ele catou o reoteiro e começou a riscar na minha frente, dizendo que não ia fazer, e meio que humilhando o trabalho da gente. Eu achei aquilo muito escroto da parte dele", desabafou Mhel.

Leia Também

"Depois eu soube que ele ficou ligando para a chefe de roteiro para avisar que ele queria abrir e fechar o bloco, porque ele não queria que o Patrick aparecesse mais que ele. Sendo que o Patrick era o primeiro apresentador do programa, e de repente ele queria ser mais. E fez o roteiro abrir e fechar o bloco porque ele deu essa estrelada. É um absurdo essa estrelada, é ridículo um cara fazer isso, eu comecei a ficar puta no trabalho", continuou ela.

Para Mhel, o comportamento de Fiuk antes mesmo da estreia foi suficiente para ela pedir demissão do programa.

"O Patrick arrasava, um comediante nato. O Fiuk [é] um lixo, péssimo, nunca foi bom em nada. E aí eu falei: 'Então aqui tá claro que o Patrick brilha, vai mudar completamente esse roteiro e o Fiuk vai ter que aceitar que o Patrick é muito melhor que ele'", comentou ela. Mas a direção viu com outros olhos na época e cedeu a todos os pedidos do garoto.

Confira o trecho da entrevista em que Mhel Marrer detona o filho de Fábio Jr.:



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários