Marcos Mion estreou novo programa no YouTube, uma raridade para funcionários da Globo
Reprodução/Instagram
Marcos Mion estreou novo programa no YouTube, uma raridade para funcionários da Globo


A moral de Marcos Mion na Globo está tão alta que ele conseguiu um feito raro, para não dizer inédito: conseguiu lançar um programa fora da emissora, sem qualquer tipo de interferência em conteúdo, formato ou seleção de convidados. Na noite de terça-feira (16), ele estreou o Questionário Mionzera, um talk show no YouTube que terá 16 episódios, onde o apresentador entrevista personalidades bastante conhecidas pelo público.

"Algumas questões funcionam como um bate-bola dinâmico, outras rendem conversas que chegam a assuntos que nem imaginávamos na hora de pensar o roteiro. As perguntas abertas são como um gatilho para abrir portas fechadas há muito tempo e os convidados acabam falando de temas raramente colocados para eles", explica Mion.


Para ter uma noção do real panorama, existe um veto da emissora a todos os funcionários do entretenimento e do jornalismo de manterem canais de comunicação que possam soar como concorrentes. Canal no YouTube, por exemplo, é algo que a Globo não autoriza a seus funcionários que dão as caras no vídeo. Mas Mion conseguiu.

Leia Também

O projeto havia sido formatado antes dele ser contratado pela Globo. E como Mion abriu mão de seu emprego na Netflix, a emissora fez esse "agrado" ao novo funcionário e o autorizou a lançar seu talk show na internet.

A prova de que a Globo não exerce qualquer tipo de poder sobre o Questionário Mionzera é a presença de Rafinha Bastos no episódio de estreia. Recentemente, o humorista detonou Luciano Huck em seu canal de podcast, afirmando que as reformas feitas no quadro Lar Doce Lar eram apenas truques de cenografia.

Semanalmente, serão lançados dois episódios em seu canal. Na lista de convidados estão Chay Suede, Paulo Vieira, Paola Carosella, entre outros. Confira a entrevista que ele realizou com Rafinha Bastos:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários