Solange é mãe de Deolane Bezerra; ela promoverá sorteio em seu perfil
Reprodução/Instagram
Solange é mãe de Deolane Bezerra; ela promoverá sorteio em seu perfil


Você certamente já viu alguma influenciadora digital debruçada sobre uma infinidade de kits de maquiagem e segurando a caixa de um iPhone, prometendo presentear um seguidor com todos os itens após um sorteio. E a próxima a fazer isso será Solange Bezerra, mãe de Deolane. O que as pessoas não sabem é que por trás de tamanha benevolência existe um mercado que tem movimentado milhões de reais e um esquema de tráfico de influência.

A pirâmide funciona assim: Solange anunciará o sorteio e indicará um grupo de aproximadamente 80 perfis no Instagram, entre páginas pessoais e de empresas, que devem ser seguidos por quem quer concorrer aos prêmios. Feito isso, basta comentar a foto da promoção e contar com a sorte.


O "x" da questão é que todas estas 80 pessoas que aparecerão na lista de indicados da mãe de Deolane não têm nenhuma relação direta e ainda tiveram que pagar um cachê para estarem ali.

Leia Também

A coluna apurou que cada perfil teve que desembolsar o valor de R$ 350. Em troca, a empresa por trás do sorteio promete aos "investidores" um retorno de 7 a 20 mil novos seguidores em sua página.

Essa campanha deverá movimentar algo em torno de R$ 30 mil. Deste valor, cerca de R$ 12 mil serão investidos nos prêmios e no cachê que será pago a Solange. O restante ficará com os donos da agência que organizam esse tráfico de influência.

As pessoas que costumam pagar para entrar nessa lista de indicados costumam ter retornos expressivos no aumento do número de seguidores, mas em pouco tempo acabam perdendo quase todos eles.

Quem investe nesse tipo de negócio são pessoas que sonham em se tornarem influentes nas redes sociais. Mas no meio dessa porta dos desesperados, costumam figurar nomes conhecidos do grande público, que também querem aumentar sua base de seguidores. DJ Batata, que trabalha com Jojo Todynho e Tati Quebra Barraco, recentemente pagou R$ 550 para entrar na lista de um sorteio, sob a promessa de receber a quantia mínima de 10 mil novos seguidores.

No início do ano, diversos ex-BBBs participaram de sorteios com essa mesma dinâmica. Arthur Picoli, Arcrebiano de Araújo e Lucas Penteado foram alguns dos que premiaram seguidores com iPhones em troca de cachês bem gordinhos. E os investidores que quiseram participar de suas listas tiveram que desembolsar R$ 2 mil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários