MC Don Juan
Instagram
MC Don Juan

Os shows com o público em pé e pistas de dança vão estar liberados a partir do dia 1 de novembro, em São Paulo, e também em algumas capitais brasileiras. Mas, não é de hoje que as normas de segurança contra a pandemia da Covid-19 não são cumpridas. Um bom exemplo foi o evento que aconteceu na véspera do feriado do Dia de Nossa Senhora Aparecida, na Arena Passione, em Jandira, a 27 km de distância da capital paulista. A coluna recebeu fotos e vídeos da aglomeração em um espaço, com a capacidade oficial de três mil pessoas, durante o show da principal atração da noite, MC Don Juan.

Segundo Tiago Lima, que pagou o ingresso no valor antecipado de R$ 40 (na hora o preço cobrado era de R$ 80), a promessa era que a capacidade estaria restrita a metade da oficial. "Tinham pessoas espalhadas até pelas escadas do lugar e ainda aconteceram várias brigas lá dentro. Eu pensei que a situação iria melhorar depois que a polícia chegou a fechar a casa, por volta da meia-noite. Os policiais quiseram evitar a entrada de mais pessoas. Só que quando eles viraram as costas, entrou todo mundo que estava na fila do lado de fora. Foi um horror. Fui embora", contou Tiago. Além do MC Don Juan, MC Dricka, MC Joãozinho VT, MC PH e DJ Tiago Glass se apresentaram também no evento.

A coluna procurou a equipe do MC Don Juan e o produtor artístico, Igor Carvalho, informou não ter tomado conhecimento sobre a presença da polícia antes do show. Com relação à venda dos ingressos e quantidade de pessoas na casa, ele disse que não tem muito como controlar a super lotação ou não de um show, já que eles não ganham com a bilheteria. "Não ganhamos com as vendas dos ingressos e aí não temos como saber quantas pessoas entram para ver um show", revelou à coluna lamentando que tenha acontecido qualquer problema com o evento.

Show de MC Don Juan
Redes sociais
Show de MC Don Juan


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários