Agnaldo Timóteo e sua filha adotiva, Keyty
Divulgaçã
Agnaldo Timóteo e sua filha adotiva, Keyty

Agnaldo Timóteo, que morreu abril de 2021,  finalmente terá seu desejo respeitado. Após o cantor deixar 50% de toda sua herança para sua filha adotiva, a adolescente Keyty Evelyn, de 14 anos, a família do artista vinha tentando excluir a menina do testamento por conta do processo de adoção dela, que não havia sido concluído a tempo antes da morte dele. No entanto, uma decisão da Justiça de São Paulo reconheceu o pedido de Timóteo, feito ainda em vida, e concedeu parecer favorável a adoção pleiteada.

Sendo assim, Keyty agora é filha adotiva do cantor reconhecida legalmente e terá direito à sua parte dos bens deixados pelo cantor, que totalizam cerca de R$ 16 milhões. Os outros 50% da herança, Agnaldo Timóteo deixou para outros quatro familiares, sendo dois afilhados e dois irmãos do artista.

Quando Agnaldo Timóteo conheceu a pequena Keyty, ela tinha apenas dois anos e morava na rua com a mãe. O cantor se apaixonou pela criança e resolveu adotá-la. Atualmente a adolescente está sob tutela de Sidney Lobo Pedroso, advogado do cantor, conforme o artista solicitou no testamento que ele havia deixado pronto um mês antes de morrer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários