Juliano Ceglia se revoltou com concessionária de energia
Reprodução/Instagram
Juliano Ceglia se revoltou com concessionária de energia


Depois que o ex-Fazenda,  Juliano Ceglia, foi ao Instagram falar mal da concessionária de distribuição de energia elétrica que atende a área onde ele mora, em São Paulo, a companhia se manifestou para desmentir as acusações do apresentador.

Juliano disse que teve sua luz cortada mesmo com a fatura paga e ainda acusou a empresa de querer propina para não interromper o serviço. A companhia Enel, por sua vez, entrou em contato com a coluna para esclarecer que a história não é bem essa.

"A Enel Distribuição São Paulo informa que, ao contrário do alegado, o cliente em questão possui débitos em aberto com a concessionária. O consumidor possui três faturas não quitadas e duas parcelas de negociação em atraso, o que motivou a suspensão do fornecimento de energia. A companhia já entrou em contato com o cliente para os devidos esclarecimentos sobre o caso", disse a empresa em comunicado.

Em seu desabafo, Ceglia disse o seguinte: "Um recado para todas as empresas privadas que oferecem um serviço de merda para cidadãos que levam uma vida de trabalho e dedicação, para serem tratados como imbecis e reféns do sistema. Hoje a @enelbrasil @enelenergia cortou minha energia e da rua toda mesmo com comprovante pago de R$ 450 e alegando que o sistema acusava que eu não tinha energia computada na rede. Ou seja, eles mesmos disseram que o erro foi deles, do último profissional que passou por aqui, mas ainda assim cortaram minha luz".


Ele ainda acusou a empresa de querer receber propina para manter o serviço ativo. "Eles esperavam receber propina pra não cortar a luz, mas quebraram a cara porque eu não sou corruptível. Mas vocês mesmos podem ver o tamanho do absurdo feito hoje pela manhã. Todos os vizinhos estão sem luz por causa desse serviço da @enelbrasil", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários