Gabriel Banderas
Reprodução Instagram
Gabriel Banderas

No início do mês,  Lucas Lucco perdeu um processo de plágio de Gabriel Banderas. Com a sentença da Justiça, Lucas Lucco teve R$ 104,5 mil bloqueados de suas contas bancárias para indenizar Banderas. Neste domingo, em uma entrevista ao "Domingo Espetacular", o compositor desabafou e disse que, desde a decisão da Justiça, vem recebendo ataques nas redes sociais.

"Já teve pessoas falando que vão me pegar, que sabem onde eu moro, falam onde eu trabalho. Para ser sincero, minha rede social hoje virou um descarrego total só de coisas ruins", disse.

Por outro lado, Banderas se surpreendeu com a atitude de Lucas Lucco, que pediu desculpas pelo plágio. Já os fãs chamam o músico de "oportunista" nas redes sociais. O trecho que Banderas alegou ter sido copiado é quando Lucco canta: "Momôzin, vamos fazer assim, eu cuido de você, você cuida de mim", que se assemelha à canção de Gabriel "Eu cuido de você, você cuida de mim".

Entenda o caso

Lucas Lucco começou o mê de junho com uma surpresa. O artista já havia sido absolvido no processo por plágio que enfrentou em 2015 mas, segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, Gabriel Banderas, que acusou o cantor de roubar sua letra, venceu a disputa após recorrer da decisão em primeira instância. O processo se refere ao refrão do sucesso "Mozão", lançado por Lucco em 2014.

Você viu?

Com a nova sentença da Justiça, Lucas Lucco teve R$ 104,5 mil bloqueados de suas contas bancárias para indenizar Gabriel Banderas. O trecho que Banderas alega ter sido copiado é quando Lucco canta: "Momôzin, vamos fazer assim, eu cuido de você, você cuida de mim", que se assemelha à canção de Gabriel "Eu cuido de você, você cuida de mim".

Os desembargadores responsáveis pela reforma da sentença concluíram que houve violação de direitos autorais, classificando a infração de Lucco como "reprodução parcial indevida". Foi levado em consideração o fato de que a canção de Banderas foi lançada em 2008, seis anos antes do hit "Mozão", que já contabiliza mais de 120 milhões de visualizações no YouTube.

Segundo o desembargador Francisco Loureiro, "o fato de Lucas ter feito acréscimos na estrofe do autor, depois da repetição dos seus versos, não afasta o plágio". Apesar de ter sido absolvido anteriormente, Lucco já havia sido condenado a pagar R$ 25 mil por danos morais, mas tentou entrar com recursos e, no fim, sairá pagando mais caro.

Lucas Lucco deverá indenizar Gabriel Banderas com R$ 104,5 mil, já incluindo honorários advocatícios. De acordo com o jornalista Peterson Renato, Banderas ainda tentou obter a coautoria da música, mas teve seu pedido negado sob a justificativa de que a reprodução ocorreu de forma parcial.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários