Felipe Heiderich e Bruno di Simone
Reprodução Instagram
Felipe Heiderich e Bruno di Simone

O casal  Felipe HeiderichBruno di Simone abriu um boletim de ocorrência contra cinco youtubers por homofobia. Em depoimento, Bruno narra que, desde o anúncio público sobre o romance, os dois vêm sofrendo com constantes ataques homofóbicos nas redes sociais.


O youtuber afirma ainda que as ofensas pesadas vieram de cerca de 400 pessoas diferentes no Instagram e no Youtube. Bruno quer representar criminalmente contra os autores dos ataques.

Já as ofensas direcionadas a Felipe, além de homofóbicas, os haters ainda usam da sexualidade do ex-pastor para atrelar o fato ao crime de estupro de vulnerável, do qual Felipe Heiderich já foi absolvido. Segundo ele, os ataques partiram de pelo menos 500 pessoas.

Os influenciadores denunciados por Felipe Heiderich e Bruno di Simone estão por trás dos canais 'Metaforando', 'Fala Zion', 'Diego Ganoli', 'André Carpano' e 'Oswaldo Eustáquio'.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários