Alok e Romana com a bebê recém-nascida
Instagram/Reprodução
Alok e Romana com a bebê recém-nascida

Alok e Romana Novais  convidaram a obstetra responsável pelo parto da caçula Raika para ser madrinha da bebê. O convite foi uma forma de homenagear a médica e amiga pessoal do casal que salvou a pequena no parto prematuro provocado por complicações da Covid-19 .

Nas redes sociais, a obstetra Erica Mantelli falou um pouco sobre o quão difícil foi segurar a emoção na hora do parto da Raika.

"Você não imagina o desafio que eu vivi para fazer você viver. Não estou falando apenas do desafio profissional. Mas do desafio em equilibrar minhas múltiplas funções e silenciar meu coração que sangrava em ver toda aquela situação. Por fora a médica decidida, agindo de maneira rápida e assertiva. Por dentro eu orava e me conectava com Deus e com você, na certeza de que vocês ficariam bem. Que intensa foi a nossa troca de energia. Prometi te ver todos os dias e ficar com você enquanto seus pais não podiam. Cantei, fiz muitas orações e coloquei músicas para você dormir... Chorei quando vi seu primeiro sorriso e quando você ainda tão pequena, segurou meu dedinho. Meu coração vibrava a cada dia da sua recuperação", escreveu a médica, que aproveitou a mensagem para  agradecer aos pais da Raika por tê-la escolhido junto com seu marido, Domingos Mantelli - também obstetra - para serem padrinhos.

"Fomos 'intimados' para sermos seus padrinhos e esse convite nos encheu de amor e gratidão. Foi uma conexão divina. Ser madrinha é ser escolhida duas vezes. Uma pelos pais e outra por Deus! Que honra ser escolhida para essa missão tão importante. Assim como cuidei de você dentro da barriga da mamãe e no momento delicado do seu nascimento... prometo que estarei ao seu lado a todo momento! Continuarei a vida inteira lutando por você e pela sua felicidade! Vou cuidar de você, amar você e te proteger como minha filha do coração. Te amo incondicionalmente minha afilhada Raika", se declarou.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários