Felipe Neto vem dando muito trabalho aos seus advogados. Depois de  mover três processos contra a youtuber Antônia Fontenelle, agora foi a vez do influenciador afirmar que vai acionar judicialmente o jornalista Gustavo Victorino, do programa 'Pampa Altitudes', da TV Pampa (RS).

Felipe Neto, Gustavo Victorino
Reprodução/Instagram/Twitter
Felipe Neto e Gustavo Victorino


Internautas fizeram um trecho da atração, em que Victorino chamava o youtuber de "pedófilo" e "depravado", viralizar nas redes sociais, até que chegasse a Felipe Neto. Ao tomar conhecimento das imagens, Felipe prometeu: "será processado cível e criminalmente."

Em seu discurso, Gustavo Victorino mostrou toda sua indignação com as polêmicas relacionadas ao influenciador, durante um debate ao vivo e ainda deu sua opinião sem papas na língua. "Eu trago aqui, seis, sete vídeos deles (irmãos Neto) e duvido que a direção da Pampa deixe eu tocar um deles. Ele é sim, um jeito que prega sexo entre crianças e, na minha opinião, um depravado, um pedófilo e tinha que estar na cadeia", disse o jornalista.


A coluna procurou a assessoria de Felipe Neto para falar sobre as acusações de Gustavo Victorino, e nos foi enviado o seguinte comunicado:

“A assessoria de Felipe Neto informa que todos aqueles que proferirem conteúdo difamatório, criarem ou compartilharem material que o relacione ao cometimento de crimes serão responsabilizados judicialmente, em âmbito cível e criminal. Felipe Neto reafirma a defesa da liberdade de expressão, desde que obedecidos os limites legais. Todos aqueles que cometerem os crimes de calúnia, injúria e difamação, responderão por seus atos.

Ele afirma que não irá se pronunciar publicamente sobre qualquer acusação relacionando sua imagem a crimes, bem como afirmações mentirosas, levianas e irresponsáveis. As medidas tomadas e o desenrolar das mesmas serão realizadas somente através da Justiça, por meio de seus advogados.

Os meios de comunicação não são terra sem lei e há de se ter compromisso e responsabilidade com aquilo que se fala”.

    Veja Também

      Mostrar mais