Tamanho do texto

Hotel só aceitou trocar as duas camas de solteiro por uma de casal depois que Pedro Figueiredo e Erick Rianelli ameaçaram chamar a polícia

Os repórteres da Globo Pedro Figueiredo e Erick Rianelli afirmam terem sido vítimas de homofobia neste fim de semana.

Leia também: Chay Suede se afastará da novela da Globo; saiba o motivo

Pedro Figueiredo e Erick Rianelli arrow-options
Reprodução Instagram
Pedro Figueiredo e Erick Rianelli


Leia também: Atores da Globo desmentem notícias de que teriam saído no tapa

O casal se hospedou no Hotel Iberostar Praia do Forte, na Bahia, para curtir as férias. Tanto Pedro quanto Erick relataram o que aconteceu nas redes sociais: "A homofobia de cada no dia aconteceu também no Iberostar Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia", desabafou Pedro Figueiredo , um dos repórteres da Globo .

Leia também: Atores da Globo saem no tapa nos bastidores; saiba o motivo

"Você sai de férias pra e relaxar mas é de homofobia logo depois do check in. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia", relatou Erick Rianelli , também repórter da Globo .