Tamanho do texto

Fábio estava em coma há nove anos após sofrer um acidente de carro

Na noite da última quarta-feira (20), morreu o cineasta, ator, produtor e roteirista Fábio Barreto, aos 62 anos. Fábio estava internado no Hospital Samaritano, no Rio. O cineasta estava em coma há nove anos após sofrer um grave acidente de carro. O velório será nesta quinta de manhã e a cremação acontecerá à tarde.

Leia também: Cineasta Luiz Rosemberg Filho morre e deixa filme inédito a ser lançado

Fábio Barreto arrow-options
Reprodução/Instagram/@danielrizzioficial
O cineasta Fábio Barreto morreu com 62 anos


Leia também: Cineasta critica Bolsonaro e diz que sem Ancine não haverá filmes nacionais

Fábio dirigiu " Lula, o Filho do Brasil " e "O Quatrilho" (indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro). Isadora Ribeiro lamentou a morte do amigo nas redes sociais: "Descanse em paz, Fábio Barreto . Pai amoroso da Julia Barreto, Mariana e João, marido da querida Debora Kalume, cineasta brilhante, meu amigo e meu diretor. Deus te receba de braços abertos!".

O acidente

Em dezembro de 2009, o cineasta voltava do Aeroporto Internacional Tom Jobim dirigindo uma Pajero Mitsubishi quando, na rua Real Grandeza, no bairro de Botafogo, no Rio, ocorreu a tragédia: por volta de 20h50, Fábio tentou desviar de um outro carro que e acabou capotando. Bruno, que estava sozinho no carro, teve o veículo fechado pelo automóvel e despencou de uma altura de quatro metros, para a outra pista.

Leia também: Morre a atriz Flora Diegues, 34 anos, filha do cineasta Cacá Diegues

Primeiramente, Fábio Barreto foi levado ao Hospital Municipal Miguel Couto, onde foi submetido a uma neurocirurgia, sendo transferido para o hospital Copa D'Or com politraumatismos e predominância de traumatismo cranioencefálico. Ele foi submetido a um coma induzido e passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Fábio saiu o hospital após três meses de internação e, desde então, seguia em tratamento.

    Leia tudo sobre: Lula