Tamanho do texto

Novo longa de Neil Jordan é um filme B com pedigree e tem no duelo de suas ótimas atrizes seu maior atrativo. Longa estreia nesta quinta-feira (13)

Neil Jordan é um dos diretores mais intrigantes do cinema e “Obsessão”, seu mais recente filme, tem como principal predicado sublinhar essa característica. Esse suspense psicológico estrelado por três mulheres é todo ele uma descompostura. Da trilha sonora agressiva à imagem de Isabelle Huppert , uma das mais respeitadas e premiadas atrizes da história, cuspindo um chiclete no cabelo de Chloe Grace-Moretz .

Obsessão
Divulgação
Isabelle Huppert como a viúva Greta em cena de Obsessão, que estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta (13)

Jordan, autor de obras memoráveis como “Traídos pelo Desejo” (1992) e “Fim de Caso” (1999), exercita seu apreço pelo suspense com estilo e método. “Obsessão” não se avexa de enunciar-se como um filme B com sangue azul, por assim dizer, e faz desse entretenimento algo ainda mais peculiar e satisfatório.

Leia também: Almodóvar brinca com os limites da autoficção no lindo e delicado “Dor e Glória”

Moretz é Frances, uma garota que chegou a Nova York para tentar organizar sua vida após a morte da mãe. Ela enfrenta algumas dificuldades de relacionamento com o pai, que parece já estar envolvido afetivamente com outra mulher. Tudo que ela tem é a amiga Erika (papel da ótima Maika Monroe).

Um belo dia no metrô, ela encontra uma bolsa abandonada e resolve devolver para a proprietária. “Essa cidade vai te devorar”, diz a amiga ao tomar ciência da disposição de Frances em devolver o objeto perdido.

Obsessão
Divulgação
Cena de Obsessão, novo filme de neil Jordan

A dona da bolsa é Greta, uma viúva solitária interpretada com hesitação afetada sob medida por Huppert. A viúva com a filha distante parece calçar exatamente a carência de Frances que chora a morte da mãe. As duas desenvolvem uma amizade que é percebida como estranha e recebida com relutância por Erika.

Leia também: Comédias românticas vivem renascença no cinema com fase empoderada

Não demora muito para que Frances perceba que sua nova companhia é um tanto psicótica e, à medida que tenta se afastar dela, mais Greta impõe-se em sua rotina.

“Obsessão” é um conto macabro que também pode ser percebido como uma parábola dos perigos ocultos de uma cidade grande, ainda que este não seja o eixo gravitacional do longa. A história é demasiadamente simples e bem contada, a despeito de alguns gargalos no roteiro, as atrizes seguram muitíssimo bem as pontas e ajudam a entregar um filme para lá de envolvente.

Leia também: Sem cair em clichês, “Fora de Série” é uma carta de amor adolescente

Ficha Técnica

Nome Original: Greta

Gênero: Suspense

Duração: 98 minutos

Classificação Etária: 16 anos

Direção:  Neil Jordan

Roteiro:  Ray WrightNeil Jordan

Elenco: Chloe Grace-MoretzIsabelle HuppertMaika Monroe

Site oficial

Estreia: 13/06/2019