Tamanho do texto

A FLIP acontece entre os dias 10 e 14 de julho com diversos destaques brasileiros e internacionais e alguns deles desembarcam em São Paulo

A FLIP, que acontece entre os dias 10 e 14 de julho, traz diversos destaques brasileiros e internacionais da literatura e, alguns desses autores desembarcam em São Paulo para encontros no Sesc Avenida Paulista.

Leia também: Globo tenta impulsionar audiência matinal com comercial no horário nobre

Flip
Divulgação/Flip
Convidados da FLIP farão encontros no Sesc


No Sesc Avenida Paulista , a norte-americana Carmen Maria Machado e a dupla de arquitetos Abílio Guerra e Marcelo Carvalho Ferraz estarão presentes para encontros após a FLIP .

Na terça-feira (16), às 16h, acontece a mesa "A Arquitetura de Lina Bo Bardi", com Abílio Guerra e Marcelo Ferraz, fazendo um bate-papo sobre a obra e o legado da arquiteta ítalo-brasileira, apresentando a "Coleção Lina Bo Bardi" das Edições Sesc. ÀS 19h30, Carmen Maria fala de seu livro de estreia, O Corpo Dela e Outras Farras".

O evento tem como objetivo ampliar os debates sobre literatura , arte e cultura para além dos domínios da cidade de Paraty, compartilhando uma experiência de encontro com importantes nomes da literatura nacional e mundial.

Grandes Encontros

Copa do EP
Divulgação
Copa do EP "Grandes Encontros"


O "Grandes Encontros" chegou às plataformas digitais de áudio e vídeo na última sexta-feira (05) com a reunião de grandes nomes do pagode através da Sony Music. A primeira leva de canções do projeto conta com faixa interpretadas por Turma do Pagode, Bom Gosto, Xande de Plares, entre outros nomes.

Leia também: São Paulo recebe maior encontro de mulheres negras da América Latina

O medley Camisa 10/Curtindo a Vida vem na voz de Turma do Pagode e Bom Gosto. Já Canção do Amor/Porradão é cantado por Tiee e Leandro Lehart. Xande de Pilares e Marquynhos Sensação são responsáveis por Precisso Dessa Mel/Trilha do Amor e Beijo Doce/Para de Pirraça fica com Suel e Dodô, do grupo Pixote.

O projeto foi gravado em estúdio, em formato intimista e contará com mais dois blocos de músicas que serão lançados no dia 19 de julho e 02 de agosto, com sucessos nas vozesde nomes como Dilsinho, Ferrugem, Molejo, Vou Pro Sereno, Revelação, Pique Novo, Alexandre Pires, entre outros nomes do segmento.

Documentário

documentário de Gilberto Gil
Divulgação
Ana de Oliveira filma "Disposição Amoráveis", documentário de Gilberto Gil


O documentário "Disposições Amoráveis", da Iyá Produções com coprodução da Paris Entretenimento, percorre o pensamento de Gilberto Gil através de encontros, lugares e canções.

Ana Oliveira, coutora do livro homônimo,  dirige o filme com discussão sobre a linha temática amor e futuro, que guiará conversas. Movendo lembranças, sentimentos e histórias, o documentário promoverá troca de ideias e experiências para construir um grande painel dialógico em que, direta ou indiretamente, todos os personagens acabem conversando com todos.

“Este é um filme sobre a arte do encontro, sobre o amor como forma de resistência e sua intrinsecabilidade com o futuro da existência humana. Enfim, um filme sobre as disposições amoráveis que precisamos cultivar no mundo em tempos de dualismos e posicionamentos extremos”, diz Ana. 

“Gil praticamente gerou um sistema que repensa a questão da fala biográfica: ele faz reflexões sobre a vertigem da tarefa de viver, de compor, de ser alegre, de ser triste, de falar do passado, do futuro, do fim de tudo, de sua obra musical, da era da internet, de movimentos sociais e da não morte”, completa.

Leia também: Debate sobre fronteiras entre gênero e inconsciente é destaque na FLIP