Tamanho do texto

A coluna Bastidores também traz informações da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, da exposição dos figurinos de "The Crown", os dois anos do Teatro Opus, o especial "Jabor no Cinema" e bilheteria de Dumbo

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) já havia divulgado que a condição para garantir a compra da Fox pela Disney no Brasil era vender o canal de esportes. A casa do Mickey, dona da ESPN, não poderia absorver a Fox Sports, pois senão teria o monopólio da transmissão esportiva no País.

Leia também: Intensidade de Joaquin Phoenix é maior destaque do 1º trailer de "Coringa"

Fox e Disney
Montagem/Reprodução
A Disney encontra dificuldades em comprar a Fox por conta do monopólio que vai causar na transmissão de jogos


Agora, a Disney estabeleceu como será feita a venda e quem são os principais interessados. O prazo estipulado pelo Cade para a conclusão do acordo é março de 2020, mas a tendência é que o assunto seja resolvido até o final do ano.

A maior preocupação do Cade é garantir que a transmissão de eventos esportivos não fique concentrada em alguns canais, o que inclusive já tirou a Globo da concorrência, por já possuir os canais SportTV.

No páreo segue a Simba, criada por SBT, Rede TV! e Record quando tentaram emplacar uma outra empresa de medição de audiência no Brasil. Além da Warner e Sky – que no país fazem parte do mesmo grupo de mídia – o que pode causar outra espécie de monopólio nas transmissões. A terceira empresa que briga pela Fox Sports é a NeoTV, associação que agrega 130 empresas, entre operadoras de TV por assinatura, fabricantes e provedores de internet.

O modelo escolhido pela Disney é de leilão, mas às escuras. Isso significa que, ao invés do modelo tradicional, onde as empresas dão seu lance em cima da oferta anterior, os interessados farão a proposta num envelope que será analisado pela organização americana.

A Disney contratou ainda uma auditoria para garantir maior transparência na negociação, além de garantir que o acordo segue os termos estabelecidos pelo Cade. Também por determinação do conselho, a compra será completa – não só dos direitos de transmissão de jogos, mas de toda a estrutura, incluindo prédio e funcionários.

O processo faz parte do acordo bilionário que, no final de 2017, culminou com a compra da Fox pela Disney por U$ 71,3 bilhões.

  • Mostra Internacional de Cinema abre inscrições
mostra de cinema
Reinaldo Glioche/iG
O iG acompanhou a a 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo que este ano caminha para a 43ª


Foram abertas as inscrições para a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e isso indica que a 43ª edição deve, sim, acontecer. A incerteza se instalou após a mostra perder seu principal patrocinador, a Petrobras, mas com a abertura das inscrições pode-se concluir que a edição já está sendo organizada.

O evento deve acontecer entre os dias 17 e 30 de outubro deste ano. As inscrições de filmes ficarão abertas até o dia 19 de julho para as seções “Competição Novos Diretores” e “Perspectiva Internacionalda”. A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site oficial da mostra.

  • Especial "Jabor no Cinema" no Canal Brasil
Arnaldo Jabor
Francisco Cepeda/AgNews
Arnaldo Jabor terá especial no Canal Brasil


Dos dias 8 a 11 de abril, o Canal Brasil vai exibir versões em alta resolução de obras do diretor brasileiro Arnaldo Jabor. O especial “Jabor no Cinema” será exibido à 0h15 e entre os títulos escolhidos estão: “Toda Nudez Será Castigada” (1973), “A Suprema Felicidade” (2010), “Eu Sei Que Vou Te Amar” (1986), e “Eu Te Amo” (1981).

Outra novidade é que, tirando a produção mais recente, todas as obras estarão disponíveis nas plataformas de Video on Demand e por lá também será possível encontrar outras obras como “A Opinião Pública” (1967), “O Casamento” (1975) e “Tudo Bem” (1978).   

  • Teatro Opus completa dois anos
Teatro Opus
Divulgação
Teatro Opus completa dois anos e celebra sua versatilidade


O espaço inaugurado em 2017 já recebeu 210 mil espectadores que se emocionaram e se divertiram com shows, musicais, companhias de dança, espetáculos infantis, premiações, debates e outros projetos especiais.

O versátil teatro fica no Shopping VillaLobos, em São Paulo, e celebra dois anos de conquistas. Atualmente, o musical “O Frenético Dancin' Days” é a produção que está em cartaz, um espetáculo com texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade que resgata sucessos da década de 70 em meio a ditadura militar.

O Teatro Opus possui uma parceria com Maurício de Sousa e diversos espetáculos da “Turma da Mônica” já passaram pelo palco do local e este ano o “Circo Turma da Mônica” segue a todo vapor.

  • Figurinos de "The Crown" em exposição
figurino da série
Divulgação
Winterthur Museum recebe exposição com figurinos da série "The Crown"

O Winterthur Museum, nos Estados Unidos, fez uma parceria com a série “The Crown” para lançar uma exposição completa com as roupas usadas pelos personagens.

“Costuming The Crown” apresenta 40 figurinos da série original sucesso na Netflix. A série venceu dois Globos de Ouro e oito Emmy's.

A série conta com grande elenco e um dos destaques é a atriz Olivia Colman, que foi premiada no Oscar deste ano.

A designer da primeira temporada Michele Clapton ("Game of Thrones"), a criadora da segunda temporada Jane Petrie ("Black Mirror") e a produtora Eve Swannell ("Criminal") se uniram a equipe do museu para o lançamento dessa exposição. A expectativa para a terceira temporada está grande. 

  • Bilheteria abaixo do esperado
Cena do filme Dumbo
Divulgação
Estreia do filme "Dumbo" não tem bilheteria esperada


O filme “Dumbo”, da Disney , estreou na quinta-feira passada (4) com altas expectativas, mas a bilheteria decepcionou. O remake do diretor Tim Burton arrecadou no primeiro final de semana cerca de US$ 45 milhões na América do Norte, segundo informações da Reuters . O número parece alto, mas outros remakes foram bem mais rentáveis, como “A Bela e a Fera” que arrecadou US$ 174 milhões.