Tamanho do texto

Novidades da cena musical brasileira, preparação para o Lollapalooza e eleições e debates do cinema são destaques da coluna Bastidores; confira

A cena independente de Belo Horizonte, Minas Gerais, tem rendido bons frutos para a música brasileira. Na última semana, a banda Daparte, composta por Juliano Alvarenga (voz e guitarra), que é filho do vocalista do Skank, Samuel Rosa, João Ferreira (voz e guitarra), Bernardo Cipriano (voz e teclado), Túlio Lima (voz e baixo) e Daniel Crase (bateria) lançaram o clipe do seu mais novo single Guarda Chuva . Misturando influências do rock e do MPB dos anos 1970 e 1990, a banda agora se prepara para lançar o primeiro álbum de estúdio, que tem estreia marcada para o dia 20 de abril.

Com música no ar, Daparte se prepara para lançar primeiro álbum de estúdio
Divulgação
Com música no ar, Daparte se prepara para lançar primeiro álbum de estúdio

Leia também: Música: dez canções que parecem alegres, mas na verdade são bem tristes

“Escrevi essa música quando tinha 17 anos e estava em uma fase muito turbulenta de um namoro. Estavamos passando por momentos de escolhas muito importantes e em algum momento senti que negligenciei nosso relacionamento”, conta João. “Fiz a canção como uma espécie de perdão e um mantra de otimismo”, completa o músico. A canção dá um gostinho do que está por vir no próximo mês, com um mix de pop, groove e rock, além da influência de grandes nomes da música brasileira como Clube da Esquina.  “Essa mistura é bem a nossa cara”, explica João.

Leia também: Já reparou? Dez músicas que apoiam e estimulam o assédio sexual

Cartaz de
Divulgação
Cartaz de "Todo Clichê do Amor"

A trajetória da banda, por sua vez, não começou agora. O primeiro single de Daparte, Acidental , saiu em 2016 e ultrapassou mais de 10 mil plays no Spotify e 8 mil visualizações no YouTube. O esperado disco de estreia da banda já está em processo de produção e promete ser um reflexo sensível dos músicos, já que foi por meio da música que esses jovens encontraram forma de externalizar suas percepções e experiências pessoais e coletivas.

Cinema nacional

O longa-metragem "Todo Clichê do Amor" , comédia com toques almodovarianos de Rafael Primot, ganha nova data de estreia no Brasil. O filme que tem no elenco Maria Luisa Mendonça, Débora Falabella e Marjorie Estiano chega às telas de cinema no dia 19 de abril. O filme ganhaou, também, uma nova leva de cartazes alternativos. Entre eles essa beleza aí com Marjorie Estiano. 

De olho no Lolla

The Killers é a banda que encerra o festival Lollapalooza este ano no domingo (25)
Reprodução
The Killers é a banda que encerra o festival Lollapalooza este ano no domingo (25)

Um dos maiores festivais de música de São Paulo chega em mais uma edição neste fim de semana trazendo grandes nomes da música brasileira e internacional. Na sexta (23), no sábado (24) e domingo (25) mais de 70 atrações são esperadas no Autódromo de Interlagos e para trazer todo este público ao festival, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) preparou uma operação especial para atender as pessoas que utilizarão a Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú).  O esquema será implantado na quinta (22) e na sexta-feira (23), entre 20h15 e meia-noite. Nesse período, a circulação de trens será realizada com intervalos de 5 minutos, entre as estações Pinheiros e Grajaú.  Já no sábado (24), o intervalo entre os trens será reduzido para 4 minutos, entre as estações Pinheiros e Grajaú, das 21h30 à 1h da manhã. A operação especial prossegue também no domingo, (25), das 20h30 até meia-noite. O serviço ainda contará com a presença de trens extras, funcionários bilíngues e indicações por cartazes.

Leia também: Lollapalooza: organização do festival divulga horários dos três dias de shows

Para agilizar o embarque na volta, a CPTM recomenda aos usuários comprar antecipadamente os bilhetes de viagem, preferencialmente, levando o dinheiro trocado. Durante os quatro dias do festival, os trens da CPTM, do Metrô e da Linha 4 circulam até meia-noite, com exceção do sábado, quando a operação é estendida até a 1h da manhã.O público estimado nos quatro dias de evento é de 315 mil.

Para além do Autódromo

MariMoon comandará cobertura na Globo
Reprodução/Instagram
MariMoon comandará cobertura na Globo

Para aqueles que não conseguiram ingresso para curtir de pertinho a música dos seus ídolos favoritos, não há motivos para se desesperar. A Rede Globo vai transmitir mais uma vez os melhores momentos do evento trazendo para as telinhas os destaques dos dias logo após as apresentações. Os especiais serão comandados por MariMoon que dará todas as informações sobre os músicos que passarão pelo palco no Autódromo de Interlagos. No sábado seguinte, dia 31 de março, a Globo transmitirá ainda um especial, com mais uma seleção dos melhores momentos de todo festival. Um programa vai apresentar o que de mais importante aconteceu nos três dias de evento, logo depois do “Flash Big Brother Brasil”.

Eleições

Boris Casoy, Amanda Klein e Mariana mediarão os debates
Divulgação
Boris Casoy, Amanda Klein e Mariana mediarão os debates

A televisão brasileira promete ficar quente no próximo semestre com os debates eleitorais de 2018. A RedeTV! já se antecipou e definiu as datas dos primeiros debates: em 17 de agosto a emissora reunirá os candidatos à Presidência da República e, na semana seguinte, em 24 de agosto, ocorre o encontro entre os que disputarão o posto de governador de São Paulo. Caso ocorra um segundo turno, os dias 15 e 19 de outubro serão reservados para os presidenciáveis e candidatos ao governo em São Paulo, respectivamente. O encontro ficará por conta de Boris Casoy, Amanda Klein e Mariana Godoy.

Cinema em debate

O primeiro filme exibido sera
Divulgação
O primeiro filme exibido sera "Face a Face"

A obra de Ingmar Bergman recebe todos os holofotes na Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro este mês. Com a exibição de “Face a Face” no dia 23 de março, às 19h, seguida de debate com os psicanalistas Aída Ungier e Luiz Fernando Gallego, o projeto Psicanálise & Cinema, da Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ), dá início ao ciclo “100 anos de Ingmar Bergman”, em homenagem ao centenário de nascimento cineasta sueco, com um filme por mês, de março a julho. O primeiro é de 1976, “Face a face” que traz Liv Ullmann no papel de uma psiquiatra que sofre um surto com tentativa de suicídio. Nesse contexto, a profissional começa a passar de uma equilibrada trajetória para uma fase de instabilidade emocional. Para participar dos debates, é necessário fazer inscrição previamente antes do evento com taxa de R$ 10,00. Já para o filme, a entrada é franca.

Leia também: Aumenta o som! Emicida, Karol Conká e Tulipa Ruiz são destaque em festival de música no RJ

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.